A NOVA LEI NA PRÁTICA

PRESENCIAL E ONLINE

2, 3 e 4

de outubro de 2024

Passo a passo para começar a licitar

Para ajudar aqueles que estão começando a entrar no mundo das licitações, preparamos um tutorial bastante resumido para esclarecer os principais passos necessários para participar de um processo licitatório. É importante lembrar que há muitas leis, jurisprudências e exigências que podem parecer complexas e intimidadoras para quem está começando. 

Se você está enfrentando esses desafios, este artigo pode ser útil para orientá-lo no processo. Aqui você aprenderá:

  • O que é licitar
  • Quem pode participar de uma licitação
  • Onde aprender sobre licitações
  • Dicas para se preparar antes de licitar
  • A importância de ler o edital
  • Como encontrar licitações com o ConLicitação

O que é licitar?

O processo de licitação é um procedimento pelo qual a Administração Pública escolhe fornecedores de produtos ou prestadores de serviços. Para participar da concorrência, as empresas devem seguir uma série de regras estabelecidas pela legislação atual.

Todas as organizações são permitidas a participar das licitações, desde que cumpram os requisitos exigidos e estejam de acordo com o edital. Apesar de parecer complexo, o processo de licitação pode ser compreendido com o conhecimento adequado e o cumprimento das etapas necessárias. 

Se você deseja aprender a licitar, confira as dicas a seguir sobre as etapas importantes em qualquer tipo de licitação.

Quem pode participar de uma licitação?

Qualquer pessoa ou empresa pode participar de uma licitação, desde que atenda aos requisitos estabelecidos no edital e cumpra as exigências legais necessárias para a participação no processo.

Em geral, as licitações são abertas a qualquer pessoa ou empresa interessada, independentemente do tamanho ou segmento de atuação. No entanto, é importante observar as exigências específicas de cada licitação, pois alguns órgãos públicos podem estabelecer critérios adicionais para a participação no processo.

Alguns exemplos de critérios adicionais que podem ser exigidos em licitações incluem:

  • Experiência mínima em projetos similares: Alguns órgãos públicos podem exigir que as empresas interessadas tenham experiência mínima em projetos similares ao objeto da licitação.
  • Certificações específicas: Alguns órgãos públicos podem exigir que as empresas interessadas possuam determinadas certificações, como, por exemplo, certificações de qualidade ou de responsabilidade social.
  • Registros em cadastros prévios: Alguns órgãos públicos podem exigir que as empresas interessadas estejam cadastradas em determinados órgãos ou portais do governo antes de participarem da licitação. Isso é comum em licitações eletrônicas, onde é necessário realizar o cadastramento prévio para poder acessar o sistema.

Para participar de uma licitação, é preciso observar atentamente as exigências estabelecidas no edital e se certificar de que a empresa atende a todos os requisitos necessários. Caso contrário, a empresa pode ser excluída do processo ou não ser considerada habilitada para concorrer. Além disso, é fundamental cumprir todas as exigências legais para participar de uma licitação, como apresentar os documentos necessários e estar em dia com as obrigações trabalhistas, tributárias e previdenciárias.

Onde aprender sobre licitações?

Antes de participar de licitações, é fundamental estar bem preparado e ter conhecimento sobre o assunto. Negociar com o governo é diferente de negociar com consumidores ou empresas privadas, e erros podem ser punidos com multas altas e perda do direito de licitar e contratar com o governo. Por isso, é importante adquirir conhecimento sobre licitações para evitar problemas e maximizar as chances de sucesso.

Para adquirir conhecimento, uma opção é o blog do ConLicitação, que oferece conteúdo basilar sobre o assunto e ajuda a ficar atualizado sobre as novidades do mercado. Outra opção é o Instituto Licitar, que oferece cursos presenciais com professores renomados e conteúdo atualizado. Também é possível optar pelo ConLicita Go, que oferece cursos online de licitação.

Não deixe de buscar conhecimento e estar bem preparado antes de participar de licitações.

Dicas para se preparar antes de licitar

Ao participar de licitações, é fundamental que as empresas estejam preparadas para enfrentar os possíveis riscos do processo. 

Para isso, é importante ter um planejamento prévio bem estruturado, garantindo bons fornecedores, contatos no mercado, apoio logístico eficiente para lidar com imprevistos, capital de giro suficiente para manter a empresa mesmo com atrasos no pagamento e capacidade produtiva capaz de atender a aumentos na demanda. 

Também é importante levar em consideração as peculiaridades de cada segmento e realizar uma análise de risco específica. Dessa forma, é possível minimizar os riscos enfrentados ao licitar e garantir um processo mais seguro e bem-sucedido.

Além disso, também é preciso verificar as exigências de cada órgão público para o qual você quer vender. Alguns editais podem exigir uma conta em um banco específico, por exemplo, um detalhe que pode atrasar ou prejudicar seu contrato se não for observado previamente. Por isso, pesquise as particularidades de cada órgão e se informe sobre todas as exigências para evitar surpresas e ter mais chances de sucesso na licitação. 

Além da documentação, algumas licitações podem exigir o cadastro prévio em órgãos ou portais do governo, especialmente em licitações eletrônicas. Confira neste artigo especial quais são os principais portais de venda ao governo. 

O que é preciso para participar de licitação?

Antes de mais nada, é fundamental que a sua empresa esteja devidamente registrada e ativa. Isso inclui a apresentação de documentos como a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), que comprova que a empresa não possui pendências trabalhistas; o CNPJ, que é o número de identificação da empresa junto à Receita Federal; e o Registro Nacional de Pessoa Jurídica (RNPJ), que é um documento emitido pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Outro documento importante é o Certificado de Regularidade do FGTS (CRF), que comprova que a empresa está em dia com as obrigações do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Além disso, é preciso apresentar o Certificado de Regularidade com a Fazenda Federal (CRF), que atesta que a empresa está em dia com os seus tributos federais.

Em alguns casos, também pode ser necessário apresentar a Certidão Negativa de Débitos Tributários (CNDT) junto à Fazenda Estadual e Municipal, que comprova que a empresa não possui débitos tributários junto aos órgãos estaduais e municipais.

Outro ponto importante é a Certidão de Regularidade do INSS (CRINSS), que atesta que a empresa está em dia com as suas obrigações junto ao INSS. Além disso, é preciso apresentar a Certidão de Regularidade do INSS (CRISSS), que atesta que a empresa está em dia com as suas obrigações junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Estes são apenas alguns exemplos de documentos que podem ser exigidos nas licitações. Você pode conferir outros em nosso checklist completo de documentos para habilitação em licitação. 

Leia atentamente o edital

Antes de participar de uma licitação, é fundamental ler o edital com atenção. Ele estabelece todas as regras do processo licitatório e contém informações cruciais, como a modalidade, formas de pagamento e entrega, data e hora do início da disputa, especificações do produto ou serviço, garantias, manutenção do contrato e preço mínimo.

Ignorar o edital é o mesmo que jogar um jogo sem conhecer as regras: você corre o risco de cometer erros graves e perder a oportunidade de participar da licitação. 

Encontre Licitações com o ConLicitação

Agora que sua empresa está em dia e você possui todos os documentos necessários em ordem, é hora de encontrar licitações.

O ConLicitação pode te ajudar nessa missão, auxiliando a encontrar as melhores licitações para o seu segmento de negócio e orientando sobre o processo de cadastro em órgãos ou portais, através de sua consultoria de apoio. 

Assistindo ao vídeo abaixo, você pode ver como o ConLicitação pode ser o seu principal aliado.

O ConLicitação oferece a possibilidade de monitoramento e acompanhamento do chat em licitações da modalidade Pregão Eletrônico, o que pode ser extremamente útil para empresas que disputam múltiplas licitações em diferentes órgãos. Esta ferramenta permite acompanhar todas as movimentações importantes nos pregões eletrônicos, evitando perder oportunidades de licitações relevantes. Veja essa ferramenta em ação no vídeo abaixo.

Passo a passo para começar a licitar

Sabemos que é muito conteúdo para absorver, portanto, segue abaixo um passo a passo prático e resumido para você começar a licitar. 

  • Certifique-se de que a sua empresa está devidamente registrada e ativa. Isso inclui a apresentação de documentos como a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), o CNPJ, o Registro Nacional de Pessoa Jurídica (RNPJ) e outros documentos exigidos pelas leis brasileiras.
  • Verifique se a sua empresa atende aos requisitos exigidos pelos órgãos públicos para participar de licitações. Alguns exemplos de requisitos comuns incluem a Certidão de Regularidade do FGTS (CRF), a Certidão de Regularidade com a Fazenda Federal (CRF) e a Certidão Negativa de Débitos Tributários (CNDT).
  • Acesse os portais de licitação dos órgãos públicos e mantenha-se atualizado sobre as licitações disponíveis. Alguns exemplos de portais de licitação incluem o Portal de Compras do Governo Federal (Compras Governamentais) e o BEC-SP.
  • Cadastre-se no ConLicitação para ter acesso às melhores oportunidades do seu segmento. 
  • Baixe e leia atentamente os editais das licitações que você estiver interessado em participar. Verifique se a sua empresa atende a todos os requisitos exigidos pelo órgão público.
  • Apresente a documentação necessária e siga as instruções do edital para participar da licitação. Isso pode incluir a apresentação de propostas comerciais, a realização de visitas técnicas ou a participação em reuniões ou sessões de abertura de propostas.
  • Acompanhe o andamento da licitação e esteja preparado para apresentar esclarecimentos ou pré-propostas caso sejam solicitados pelo órgão público.
  • Caso seja selecionado como vencedor, siga as instruções do edital para assinar o contrato e iniciar a execução do objeto licitado.
  • Lembre-se de que é fundamental seguir todas as etapas do processo licitatório e cumprir todas as exigências estabelecidas no edital para ter sucesso em suas licitações.

Agora é com você…

Depois de ter encontrado as licitações ideais para sua empresa, lido atentamente os respectivos editais e decidido participar deles, o próximo passo é de sua responsabilidade.

Participar de uma licitação pode parecer assustador no início, mas é, na verdade, um processo relativamente simples. No entanto, para aqueles que estão iniciando neste universo, contar com o apoio de uma equipe especializada pode ser uma grande vantagem. Por isso, o ConLicitação oferece assessores jurídicos e técnicos para ajudar em eventuais dúvidas.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você e o incentive a dar os primeiros passos no mundo das licitações. Se tudo isso ainda parecer confuso, não se preocupe. É possível também vender para o governo sem precisar participar de uma licitação. Para entender mais sobre essa possibilidade, leia este artigo sobre dispensa de licitação.

Desejamos a você boas vendas e ótimos negócios!

8 comentários em “Passo a passo para começar a licitar”

    1. Olá, José, como vai?

      O serviço de aviso do chat da licitação é uma ferramenta adicional que pode ser adquirida à parte da sua assinatura.

      Solicitamos ao nosso time para que entre em contato com você, tudo bem?

      Se precisar de qualquer coisa, estamos à disposição!

      Um grande abraço e ótimos negócios!

  1. Avatar
    Ana Silvia Ribeiro

    Boa tarde Vinicius, td bem ? Estou querendo entrar nesse ramo de vendas para o governo e gostaria q se possível, vc me passasse as documentações necessárias para participar das dispensas eletrônica .Me ajude por favor

    1. Olá, Ana, como vai?

      Que legal! Seja muito bem-vinda ao ramo de vendas para o governo, te desejo todo sucesso do mundo nessa empreitada!

      Neste artigo especial você pode conferir toda a documentação necessária para participar de uma licitação:

      https://conlicitacao.com.br/duvidas/checklist-de-documentos-para-habilitacao-em-licitacao/

      Quanto ao caso das dispensas eletrônicas, você pode conferir mais sobre este assunto aqui:

      https://conlicitacao.com.br/plantao-coronavirus/dispensa-de-licitacao-o-que-e-e-como-participar/

      Aliás, fica a recomendação para você se cadastrar no ConLicitação – você tem 15 dias gratuitos para testar e ainda pode contar com o apoio de nosso time de técnicos e especialistas.

      http://www.conlicitacao.com.br

      Se precisar de qualquer coisa, estamos aqui!

      Um grande abraço e ótimos negócios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *