Vistoria reforça tese de reforma ou construção de uma nova sede.

Da Redação – Kelly Martins

O relatório da vistoria feito na Câmara Municipal de Cuiabá pela Coordenadoria de Fiscalização Preventiva e Integrada (FPI), do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA/MT) aponta inúmeros problemas graves que precisam ser solucionados de forma urgente. As questões de acessibilidade, parte elétrica, hidráulica e estrutura do prédio são os principais pontos detectados pela equipe de engenheiros que esteve na Casa de Leis no dia 11 de setembro passado.

O presidente do CREA, Tarcísio Bassan, foi quem entregou o relatório ao presidente da Mesa Diretora, Deucimar Silva (PP), e ressaltou que uma das grandes preocupações é quanto à fiação elétrica que está comprometida. Isso porque, na sua quase totalidade, foram constatadas gambiarras; quadros de distribuições nos diversos setores do prédio, alguns em situações precárias.

Além disso, as fiações e tubulações existentes estão instaladas de forma inadequada, sendo penduradas ou amarradas nas janelas e portas. Já os interruptores e tomadas instalados são muito antigos e alguns se apresentam danificados, não obedecendo às normas técnicas atuais.

Outra questão abordada pelo coordenador da Comissão de Acessibilidade, Givaldo Dias Campos, foi sobre o decreto 5.296/04. Segundo ele, o prazo para os órgãos públicos regularizarem os problemas referentes à acessibilidade venceu em julho de 2007. “Esse prazo é para todos os órgãos públicos, no relatório apresentamos algumas sugestões para as correções que devem ser feitas”, disse o coordenador. Nos espaços destinados a casa de maquinas dos equipamentos de climatização, as lajes apresentam-se em avançado estágio de deterioração.

As telhas são do tipo cimentícia de amianto, apoiadas por vigas de madeira, que se apresentam desgastadas e com baixa resistência aos esforços de compressão, não permitindo o acesso a manutenção de forma segura. A grande quantidade de goteiras deve-se ao esgotamento das possibilidades de utilização do conjunto: telha e apoio.

Conforme o vereador Deucimar Silva, o objetivo é realizar uma reforma no prédio até o final do ano. No entanto, ele ressalta que deverá contratar uma equipe de engenheiros para elaborar o edital de licitação que deverá ser lançado até o próximo mês.

O parlamentar não descartou ainda a possibilidade da construção de uma nova sede para a Câmara de Cuiabá. “O valor que vamos gastar somente com a troca de fiação no prédio, por exemplo, será um valor tão alto que compensaria investir em algo novo”, declarou em entrevista ao Olhar Direto.

Para isso, ele contou que deverá se reunir com o governador Blairo Maggi (PR), nos próximos dias, para tentar viabilizar a doação de um terreno de cinco hectares, localizado nas proximidades do Estádio Verdão. A obra seria feita com contrapartida da Prefeitura e do Governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas