Viaduto do Daia terá nova licitação

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit deve abrir em breve nova licitação para a construção de um viaduto no trevo que dá acesso ao Distrito Agroindustrial de Anápolis – Daia. Denunciada pelo Ministério Público Federal por supostas irregularidades, que acresciam os custos da obra em cerca de R$ 10 milhões, a concorrência pública foi suspensa em março do ano passado, com recomendação para que fossem corrigidas as distorções detectadas. Agora, o MPF espera encerrar de vez o antigo processo e possibilitar a abertura de nova concorrência.

Os vícios constatados na licitação impediram que o viaduto fosse construído ou pelo menos tivesse as obras iniciadas, apesar de o Governo Federal já ter destinado recursos para esse fim. Na última terça-feira o governador Marconi Perillo, o prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, e o vereador Fernando Cunha se encontraram com o procurador da República em Anápolis, Rafael Paula Parreira Costa, para pedir a anulação da concorrência.

Ao sair do encontro, o governador disse que o procedimento foi acertado com o procurador, “o que nos faz crer que o mais rapidamente possível teremos a abertura de nova concorrência”, informou. O prefeito Antônio Gomide, por sua vez, declarou que a verba “é carimbada, existe e será alocada tão logo seja escolhida a nova empresa responsável pela obra”.

Custo
Na concorrência questionada pelo Ministério Público Federal em Anápolis o custo do viaduto estava orçado em R$ 44 milhões. Para o novo processo, calcula-se que as obras demandarão verba de R$ 37 milhões. “Partimos desse patamar. Pode ser um pouco mais ou até um pouco menos”, disse o prefeito Gomide.

Ao lado do prefeito Gomide, o governador Marconi Perillo citou a boa relação administrativa que vem tendo com a administração municipal. “Temos conversado muito para discutir os problemas de Anápolis. Talvez a construção do viaduto do Daia seja hoje a principal reivindicação dos anapolinos. Estamos dando a nossa contribuição no sentido de apressar a nova licitação e ajudar na fiscalização da nova concorrência para que problemas dessa ordem não voltem a ocorrer”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas