Veículo sem placas será multado mesmo com o serviço suspenso.

Ciretran e PM não chegaram a um acordo

17/02/2010 – 19:39

EPTV

Alterar o tamanho da letra A-A+

Os carros que estiverem circulando sem placas serão multados em Ribeirão Preto, mesmo com a suspensão dos trabalhos no posto de emplacamento de veículos da cidade. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (17) pela tenente Lilian Caporal, após o pedido do delegado da Ciretran, Odacir Cesário da Silva, que solicitou à PM que não multasse os motoristas que estão nesta situação até que os trabalhos sejam normalizados. Ainda segundo a tenente, as pessoas que se sentirem prejudicadas poderão entrar com recurso na Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari), que é responsável por ações de trânsito no município.

O posto da Ciretran deve voltar a funcionar na sexta-feira (12), já que uma empresa foi contratada em caráter emergencial, para começar a fazer os atendimentos. Pelo menos 20 motoristas aguardam o emplacamento dos carros novos e uma média de 100 pessoas deixa de ser atendida diariamente.

Desde sexta-feira (12), os serviços foram suspensos em todo o Estado de São Paulo pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito), diante dos indícios de irregularidades na empresa responsável.

Campinas

Em Campinas, o emplacamento voltou a ser realizado nesta quarta-feira (17), mas somente para carros novos, licenciados recentemente, para um novo número de série de placas. Os motoristas que deveriam receber as placas fornecidas pela antiga empresa devem aguardar o resultado de uma negociação com a Ciretran, que vai definir se a empresa entrega as placas ou se devolve o dinheiro que foi pago.

A nova empresa está instalada temporariamente na sede da Ciretran-Campinas, na Vila Industrial, mas a previsão é que no início da próxima semana já esteja atendendo em local próprio. A empresa foi contratada emergencialmente e deve permanecer pelo menos por seis meses, segundo o Detran, período em que será feita nova licitação para contratação da empresa que vai fazer o emplacamento dos veículos. O serviço de vistorias e emplacamento está sendo feito na Avenida Amoreiras, 231, Parque Itália.

Reincidente

Essa não é a primeira vez que o serviço apresenta problemas. Em 2008 e 2009 faltavam placas e quem queria rapidez tinha que optar por uma placa especial e pagar mais.

Sobre as irregularidades na empresa que prestava o serviço de emplacamento, a informação do Detran é de que as denúncias estão sendo investigadas pela Corregedoria Geral da Polícia Civil. A suspeita é de superfaturamento. Os donos da empresa denunciada, a Cordeiro Lopes, não foram encontrados para comentar a suspensão do contrato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas