Urbes abre licitação para nova empresa de ônibus.

Valor estimado é de R$ 480 milhões por um contrato de 8 anos de serviço

Pedro Guerra
Agência BOM DIA

A Urbes – Trânsito e Transporte abre nesta quarta-feira licitação para a contratação de uma nova empresa de ônibus que vai operar o chamado lote 1 no lugar da TCS (Transporte Coletivo de Sorocaba). O valor estimado é de R$ 480 milhões por um contrato de oito anos, com a possibilidade de ser prorrogado pelo mesmo período.

A informação foi passada nesta segunda pelo prefeito Vitor Lippi (PSDB) durante visita ao BOM DIA. “Estávamos só esperando aprovação do projeto na Câmara”, disse Vitor Lippi.

O projeto ao qual Lippi se refere é que o possibilita o pagamento da nova empresa por passageiro e não por quilômetro rodado como é feito hoje. “Hoje só duas cidades cobram por quilômetro rodado: Sorocaba e Curitiba”, explicou o prefeito.

Questionado se esse tipo de remuneração não levaria Sorocaba ao passado, com ônibus lotados, ele disse que não. “Tudo será colocado na licitação. Haverá planilhas de acompanhamento.”

Foram 18 meses de intervenção na TCS
A empresa TCS ficou sob intervenção desde junho de 2008. A medida foi motivada por dívidas trabalhistas e com credores que colocavam em risco a operacionalização do sistema.

A prefeitura fez a contratação emergencial de quatro empresas (Reunidas Paulista, Rosa, Jundiá e Viação São João) que assumiram as 43 linhas operadas pela empresa até que sejam concluído o processo de licitação.

Termo do fim da concessão é publicado
O termo de extinção de concessão para prestação de serviço de transporte coletivo urbano da empresa TCS foi publicado no jornal “Município de Sorocaba” de sexta-feira passada. O documento é assinado pelo prefeito Vitor Lippi e tem como testemunhas a secretária interina de Negócios Jurídicos, Silvana Maria Siniscalco Duarte Chinelatto, e também o presidente da Urbes, Renato Gianolla.

De acordo com o termo, fica declarada extinta a concessão para prestação de serviço de transporte coletivo urbano firmada com a empresa TCS.

O contrato foi assinado em 5 de fevereiro de 2003 e entrou em vigor partir de 1º de março do mesmo ano.

Pelo documento ficam definitivamente disponibilizados à empresa TCS os 156 veículos – 150 ônibus, um ônibus articulado, dois caminhões de socorro, dois carros e um caminhão – bens móveis e imóveis, equipamentos e o quadro integral de seus empregados. Também foram destituídas as pessoas nominadas para as funções de interventor geral, interventor administrativo-financeiro e interventor operacional.

O presidente da Urbes, Renato Gianolla, marcou para a tarde desta terça uma coletiva com a imprensa para falar detalhes do processo licitatório de contratação da nova empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas