TSE amplia contrato de fornecimento de urnas eletrônicas com Diebold

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encaminhou pedido de lote adicional de urnas eletrônicas à Diebold, elevando o volume total de 250 mil equipamentos para 312 mil. O valor do contrato é de R$ 143 milhões, sendo que o acordo inicial foi fechado em janeiro de 2010, após processo de licitação.

Até o momento, a Diebol já fabricou 195 mil urnas. Segundo a companhia, as outras 117 mil novas urnas serão produzidas na fábrica de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais, entre agosto e dezembro deste ano. Para isso, a empresa deverá contratar mais de 300 funcionários.

De acordo com o TSE, o pedido adicional de urnas tem como propósito acompanhar o crescimento vegetativo do eleitorado e renovar o parque de urnas eletrônicas da Justiça Eleitoral, substituindo os modelos ano 2000 que, até 2012, estarão obsoletos e sem condições de uso.

A compra antecipada, informa o órgão, possibilitará uma economia estimada em 30%, já que aproveitará licitação pública realizada em 2009, vencida pela Diebold. “Outro ponto importante na ampliação do lote é que agora cerca de 85% do parque de urnas do TSE contará com recursos biométricos”, diz o TSE, ao ressaltar que a biometria só será utilizada em todo o país, porém, após o recadastramento de 100% do eleitorado, previsto para 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas