Tribunal de Justiça nega recurso a prefeito cassado.

Luiz de Carvalho

Em reunião que terminou no fim da tarde de ontem, em Curitiba, o Tribunal de Justiça do Paraná negou o recebimento do recurso do prefeito Hélio de Souza Ramalho (PDT), de Paranapoema (a 111 quilômetros de Maringá), contra a decisão da Câmara de Vereadores que cassou o mandato dele há duas semanas.

A negativa reduz as chances de Ramalho retornar ao cargo, porque, agora, o processo retorna para a Comarca de Paranacity para que o juiz analise a possibilidade de entrada de um novo recurso.

Ramalho teve o mandato cassado por causa de denúncias feitas pelo Movimento Limpeza na Política, que apontaram que a administração dele pagou por obras não realizadas e promoveu licitações fraudulentas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas