Trem do Cariri terá concessão controlada.

Os passageiros entre Juazeiro do Norte e Crato têm melhorias no transporte ferroviário da região do Cariri

Crato. O Metrô do Cariri, que começou a operar em caráter experimental no dia 1º de dezembro, vai ser administrado por uma empresa privada. A direção da Companhia Metropolitana de Fortaleza (Metrofor), que administra a operação assistida na linha entre Crato a Juazeiro, já foi autorizada pela Assembleia Legislativa a publicar edital de concorrência pública, para a escolha da empresa que vai administrar o sistema. No entanto, a Companhia não confirma a eventual mudança administrativa.

O governador Cid Gomes, que ontem esteve no Cariri, explicou que não se trata de uma privatização, como já foi especulado anteriormente. É uma “concessão controlada”, processo que prevê, conforme o governador, o cumprimento de exigências por parte do Estado e da empresa vencedora da licitação. “Um destes compromissos é a manutenção do preço da passagem em R$ 1,00”, disse Cid Gomes.

O governador informou ainda que, a partir da próxima segunda-feira, o Metrô do Cariri vai funcionar nos três turnos, manhã, tarde e noite, até as 22h30. Mesmo assim, ainda continua em caráter experimental. Atualmente, o trem está rodando apenas no período da manhã, de 8 horas ao meio-dia.

Média de passageiros

O assessor de imprensa do Metrofor, Fernando Mota, informou que a expansão do horário de atendimento é a continuidade da operação assistida que tem como objetivo fazer uma avaliação do sistema como, por exemplo, melhor observar o fluxo de passageiros. Ele disse que a média de passageiros, por dia, está em torno de 800 pessoas.

Com o novo horário que começa às 6 horas e vai até as 22h30, o fluxo deverá aumentar, presume Mota, explicando que, nas próximas duas semanas, nos horários de 12 às 16 horas e de 19 a 23 horas, as passagens são grátis, como vem ocorrendo desde a inauguração do transporte.

Para o mecânico Edmilson Quelé, que mora no Alto da Penha, no Crato, o trem, além de matar a saudade, é mais uma alternativa de transporte entre Juazeiro e Crato, cidades que são atendidas por linhas de ônibus e também transportes alternativos como vans e topiques. “A gente se lembra do trem de antigamente, que fazia a linha para Fortaleza”, recorda.

O funcionário do Metrofor, Mauro Aranha, diz que, a cada dia, a comunidade está tomando consciência de que o metrô é um transporte seguro e eficiente. “Com a inauguração dos novos horários, o fluxo de passageiros vai melhorar”, garante.

Veículos para Fortaleza

Estão sendo fabricados em Barbalha, os primeiros vagões do Metrô de Fortaleza, que vão substituir as velhas locomotivas na linha Oeste que liga Caucaia à Estação João Felipe.

O governador do Estado, Cid Gomes, visitou ontem a indústria Bom Sinal, responsável pela montagem das composições climatizadas, os chamados Veículos Leves sobre Trilhos (VLT), com motorização própria (automotriz).

A Bom Sinal é a mesma empresa que fabricou o trem do Metrô do Cariri, que está em circulação na região como forme da melhorar o transporte de passageiros na região. O engenheiro da empresa, Osvaldo Neves Quintian, explicou para o governador que foi feita uma pequena modificação. “O motor dos novos vagões é mais compacto, o que dá mais estética ao trem”, justifica o engenheiro. Os primeiros seis vagões, segundo a Bom Sinal, serão entregues dentro de 45 dias.

Metrô de Sobral

Depois de entregar os vagões do Metrô de Fortaleza, a indústria inicia a construção das composições do Metrô de Sobral, onde também está sendo implantado um sistema ferroviário urbano.

Estão previstas duas linhas no perímetro urbano do Município. Uma ligando os bairros Sinhá Sabóia e Cohab II (no sudeste da cidade) ao Bairro Sumaré (no sudoeste da cidade), passando pela periferia do Centro e por outros bairros populosos. Serão ao todo sete estações. A outra atenderá o Bairro Dr. José Euclides, além de locais estratégicos, como a Grendene e, também, o Centro de Convenções.

Concluída a entrega dos vagões do Ceará, a Bom Sinal inicia a fabricação das composições do trem elétrico do Recife (PE). Diante da crescente demanda, a indústria está construindo novos galpões para atender toda a demanda.

ENQUETE

Vantagens do metrô

Mauro Aranha
Ffuncionário do Metrofor
A comunidade está tomando consciência de que o trem é um transporte seguro e rápido para usar todo dia

Edmilson Quelé
Mecânico
NO METRÔ, a gente mata a saudade do velho trem que fazia a linha para Fortaleza, ainda na década de 60

MAIS INFORMAÇÕES
Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) Rua Doutor João Moreira, 543, Fortaleza: (85) 3101.7106

ANTÔNIO VICELMO
Repórter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas