Terracap amplia oferta de lotes no Jardim Botânico 3.

A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) realiza no próximo dia 29 a 11ª licitação de lotes deste ano, colocando à venda 170 lotes residenciais e comerciais distribuídos em 12 cidades do Distrito Federal. Destes, 43 estão no Jardim Botânico 3. Para participar, o interessado deve depositar caução em qualquer agência do Banco de Brasília (BRB) até as 16h de quarta-feira (28). A licitação começa às 9h, no auditório do edifício-sede da Terracap.

Nesta licitação, a Terracap priorizou a oferta de terrenos no Jardim Botânico 3, bairro nobre na região do Lago Sul. Com a estimativa de conclusão das obras de infraestrutura e urbanização para o início de 2010, a procura por lotes no local aumenta a cada mês. Já estão implantados no Jardim Botânico 98% da rede de água, 50% do sistema de esgotamento sanitário e 80% do sistema de drenagem pluvial, além de 80% das ruas pavimentadas.

A Companhia Energética de Brasília (CEB) já instalou 30% da rede elétrica de alta tensão, que garante a iluminação das ruas, e já começou a implantar a rede de baixa tensão, que atenderá diretamente as residências. O Jardim Botânico 3 é a terceira região no ranking de vendas da Terracap, atrás somente do Noroeste e de Samambaia.

Em apenas um ano, o novo bairro vendeu 253 lotes, que renderam R$ 52,5 milhões. Com as obras de urbanização, a média de preço saltou de R$ 160 mil, em outubro de 2008, para R$ 210 mil, em setembro deste ano. Nessa região, terrenos de 1.230 metros quadrados estão a R$ 180,9 mil e os de 1.877,90 metros quadrados custam R$ 275,5 mil.

Samambaia

A aparentemente modesta Samambaia é atualmente a jóia do mercado imobiliário do DF. Em um ano a Terracap vendeu 166 lotes na cidade, arrecadando R$ 61 milhões. É o segundo melhor desempenho entre as cidades do DF, atrás somente do Setor Noroeste que rendeu mais de R$ 1 bilhão aos cofres do GDF com a venda de 94 projeções residenciais e comerciais em apenas três licitações.

Diante da crescente procura de investidores, neste mês a Terracap colocou à venda mais 44 terrenos em Samambaia . Os preços variam conforme o tamanho e localização. O mais barato custa R$ 58,2 mil (terreno com 300 metros quadrados na QS 121) e o mais caro é ofertado por R$ 4,3 mil (lote comercial de 15,5 mil metros quadrados, na Quadra 201 do Centro Urbano).

A Terracap também ampliou a oferta de imóveis em Ceilândia, colocando à venda 37 lotes para atender a demanda do mercado imobiliário. Ainda nesta licitação, a Terracap oferta terrenos em Águas Claras, Brasília, Guará, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Santa Maria, Sobradinho, Taquari e Taguatinga.

Dos 170 lotes colocados à venda em outubro, o terreno de menor valor é um box com 18 metros quadrados no Núcleo Bandeirante, ofertado por R$ 16,4 mil; e o de maior valor, com preço mínio de R$ 4,3 milhões, mede 3,8 mil metros quadrados, e está no centro urbano de Samambaia.

Agência Brasília, com informações da Terracap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas