Técnica da Infraero fala sobre ampliação do Aeroporto de Aracaju.

Ela foi convidada pelo Fórum Empresarial para participar de almoço com os empresários

“A ampliação do Aeroporto de Aracaju e a sua importância para o desenvolvimento do Estado” foi o tema explorado pelo Fórum Empresarial em seu almoço desta terça, 27, no Hotel Aquarius. Gerente de planos diretores da Infraero, a Sra. Ana Lúcia Carvalho de Morais, explicou como vai ser a reforma que dotará a Capital sergipana de um aeroporto de qualidade internacional, a um investimento de 280 milhões de reais, conforme explicou.

Ela disse que a reforma do Aeroporto é uma parceria da Infraero, Governo do Estado de Sergipe e Prefeitura de Aracaju. Através de uma palestra extremamente didática Ana Lúcia explicou os impactos e os benefícios que a obra acarretará para a Capital e o Estado como um todo. A reforma propiciará o desenvolvimento das atividades econômicas além de incentivar o turismo.

Ela disse que a reforma é imperiosa porque o movimento no Aeroporto de Aracaju está atingindo sua capacidade de saturação. Além de quê, o pátio das aeronaves está estrangulado – “é pequeno para a movimentação das aeronaves”, afirmou. Além disso, o Aeroporto de Aracaju, por ser o mais próximo do Aeroporto de Salvador, tem que ser a opção natural no caso de algum problema com o aeroporto da capital baiana.

Há necessidade, segundo ela, de ampliar a atual pista de pouso e decolagem em 770m, passando para 2.970, em condições de receber aviões de grande porte. Um novo terminal de passageiros será construído e o atual tornar-se-á em seguida depósito de carga. Embora o tamanho ideal da pista fosse de 3.153m, se isto ocorrer, vai necessidade superar obstáculos, como o poliduto da Petrobras e toda rede elétrica do local.

A gerente de planos diretores da Infraero informou que o Governo do Estado está elaborando os projetos necessários, inclusive fazendo as licitações e o pagamento destes projetos. Ela acredita que dentro de dez dias seja lançada a licitação para a realização do projeto executivo, que deverá ser realizado em quatorze meses e custará seis milhões de reais. O projeto para a ampliação da pista deverá demorar pelo menos 10 meses.

Participaram do encontro o Superintendente Regional da Infraero, Wellington Silva Santos, e o Superintendente do Aeroporto de Aracaju, Luiz Alberto Bittencourt, além de todos os integrantes do Fórum Empresarial e o Secretário de desenvolvimento Econômico, Jorge Santana.

Por Ivan Valença

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas