TCU multa ex-pró-reitor da Unirio por irregularidade na compra de 400 notebooks.

Computadores não estavam de acordo com contrato, diz o órgão; ainda cabe recurso
Do R7

O TCU (Tribunal de Contas da União) multou o ex-pró-reitor da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) por irregularidades na compra de 400 notebooks para a instituição.
Ele terá de pagar R$ 20 mil e o ex-pregoeiro da universidade, R$ 15 mil, após terem sido encontrados problemas na licitação dos computadores. Ainda cabe recurso na decisão.

O laudo da investigação do tribunal apurou que houve mudanças no edital do pregão sem a divulgação necessária, e que o tempo para envio da documentação das empresas concorrentes foi insuficiente.

Além disso, os computadores entregues pela empresa vencedora não estavam de acordo com as especificações exigidas. Entretanto, a Unirio pagou por eles conforme o combinado em contrato.

Segundo a decisão do TCU, a faculdade terá de fazer um levantamento de preços dos computadores, das licenças de software e prejuízos da universidade para colocar os notebooks em condições de uso.

A Unirio foi procurada pelo R7, mas afirmou bo início da tarde desta segunda-feira (29) não ter sido notificada da decisão. Até as 18h, a faculdade não havia se manifestado sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas