TCU manda Agespisa cancelar licitação para estações de esgoto.

Estações serão construídas em Teresina. 51% da cidade passaria a ter tratamento de esgoto.

A Agespisa já estava concluindo a licitação para contratar uma empresa que iria construir duas estações de tratamento de esgoto na capital. Porém, algumas empresas concorrentes entraram com recurso e o Tribunal de Contas da União recomendou que fosse cancelado o processo.

A alegação é de que o edital previa especificações de capacitação técnica muito rígidas. Segundo o presidente da Agespisa, Merlong Solano, o edital dizia que, para a empresa ser contratada, ela teria que comprovar que já havia construído uma estação de menor porte.

“O TCU entendeu que deveríamos abrir mais a rigidez. Foi uma minoria das empresas que questionou. Para se ter uma ideia, das 12 empresas, 8 seguiram adiante no processo licitatório”, explica Merlong.

A obra está orçada em R$ 50 milhões e prevê a construção de duas estações, o que proporcionaria a empresa a conseguir uma cobertura de 51% da cidade com tratamento de esgoto, percorrendo uma área do Angelim até as proximidades do centro. Hoje, apenas 18% da capital tem esse benefício.

Candidatura

Merlong fica no cargo até o dia 31 de março porque deverá se desincompatibilizar para concorrer ao cargo de deputado estadual pelo PT. Porém, ele garante que essa licitação será concluída até lá.

Leilane Nunes
leilanenunes@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas