TCU impede médicos de ocupar cargos de confiança no Hospital Cristo Redentor.

Kosciuk e Schreiner podem recorrer da de decisão
O Tribunal de Contas da União proibiu dois médicos do Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, de exercerem cargos de confiança na administração pública federal, por oito anos.

De acordo com o TCU, o ex-chefe do Setor de Órteses e Próteses do Hospital, Ladimir Kosciuk, e o ex-gerente de Internação, Jorge Schreiner, controlaram um esquema de fraude de licitação para compra de órteses e próteses nos anos de 2000 a 2002.

Os acusados poderão recorrer da decisão.
RÁDIO GAÚCHA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas