TCU avalia licitação da Beira-Mar de São José.

O Tribunal de Contas da União (TCU) analisa na sessão de hoje, o processo de licitação da construção da Beira-Mar de São José. O Ministério Público Federal denunciou o atual prefeito da Capital Dário Berger por suposta divisão da obra em lotes. A prática teria impedido a participação de outras empresas na licitação, beneficiando somente uma empresa. A obra foi iniciada há mais de 10 anos, quando Dário Berger era o prefeito de São José.

O governo do Estado liberou R$ 11 milhões para a obra e o governo federal fez dois repasses, um de R$ 2,7 milhões em dezembro de 1999 e outro de R$ 3,7 milhões em dezembro de 2000. Ontem, o prefeito estava em Brasília e não foi localizado, pois o seu celular estava desligado. Ao colunista Roberto Azevedo o advogado de defesa de Dário, Rogério Olsen da Veiga, disse acreditar que processo deverá ser arquivado pelo TCU.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas