TCE vai inspecionar cinco municípios denunciados pelo Ministério Público.

Promotor Jorge Bezerra denunciou diversas irregularidades verificadas em Colônia de Leopoldina, São José da Laje, Santana do Mundaú, Novo Lino e União

O Presidente do TCE/AL, Isnaldo Bulhões, determinou a inspeção “in loco” na Contabilidade das Prefeituras de Colônia Leopoldina, Nova Lino, São José Da Laje, Santana do Mundaú e União dos Palmares. Os técnicos do Tribunal de Contas deverão investigar as denúncias de diversas irregularidades feitas pelo Promotor de Justiça, Jorge Bezerra, na semana passada.

Entre as irregularidades estão: licitações fraudulentas, pagamentos irregulares, emissão de notas fiscais suspeitas. Na reunião desta terça-feira do Fórum de Combate à Corrupção em Alagoas (FOCCO), o Vice-Presidente e Representante do TCE/AL, Conselheiro Otávio Lessa comunicou o envio imediato das equipes de fiscalização aos municípios denunciados.

“Estamos orientando rigor e agilidade às equipes devido à seriedade das denúncias”, explicou o Conselheiro Otávio Lessa. As equipes do TCE/AL são formadas por técnicos de controle externo, com especialização em auditoria e medição, além de procuradores designados pela Presidência do TCE/AL.

Criado e instalado em 28 de novembro de 2008, o Fórum de Combate à Corrupção de Alagoas (FOCCO/AL) é uma iniciativa conjunta da sociedade civil e de instituições públicas locais que atuam para facilitar o intercâmbio de informações e de estratégias de prevenção e combate à corrupção. Além do TCE/AL, participam do FOCCO cerca de 30 instituições listadas no site oficial do FOCCO: www.foccoalagoas.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas