TCE suspende o edital da merenda

TCE suspende o edital da merenda
– EMÍDIO MARQUES

O pregão presencial para a contratação das empresas que deveriam fornecer a merenda escolar a partir de fevereiro foi suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE). De acordo com a Prefeitura de Sorocaba, a suspensão se deu por conta de sete representações de empresas que questionaram o processo. O TCE deu prazo de cinco dias para que a Prefeitura envie cópia do edital. A administração municipal afirma que irá cumprir a determinação e aguardar o julgamento. A atual fornecedora de alimentação escolar, ERJ Administração e Restaurantes de Empresas, tem enfrentado problemas financeiros. Na manhã de ontem, as funcionárias da empresa, que estão em greve, fizeram protesto na frente do Paço Municipal. Elas temem que a ERJ permaneça no fornecimento da merenda diante da suspensão da licitação.
O edital para a contratação de empresas especializadas no fornecimento de alimentação escolar foi publicado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Administração, no dia 18 deste mês. Segundo o Executivo, a novidade é que a licitação teria três lotes e seguiria um novo conceito: a Prefeitura pagaria somente a refeição efetivamente consumida. A contratação seria dividida em três setores, com a possibilidade de haver três empresas atuando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas