TCE suspende licitação para compra de 151 pick-up Hilux para PM, PC e programa Pró-Cidadania

O procurador geral da Estado, José Leite Jucá Filho e o secretário da segurança pública, Roberto Monteito têm cinco dias para apresentarem documentação e esclarecimentos sobre a indicação da marca dos veículos comprados para a polícia cearense.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu a licitação da Secretaria de Segurança Pública para a compra de 151 pick-ups Hilux, na última terça-feira (24).

Os carros importandos seriam comprados para equipar as Polícias Civil e Militar e para o programa Pró-Cidadania, de policiamento no Interior.

De acordo com o TCE, o Governo do Estado tem legitimidade para escolher o porte do veículo, que é previsto na lei de licitações, mas não pode exigir a marca.

A exceção é quando produtos similares não atendam aos objetivos. O governo diz que as Hilux são necessárias para manter a padronização da polícia.

Antes da decisão do TCE, a Nissan do Brasil já havia questionado na Justiça a restrição sobre a marca, alegando ter um carro similar que poderia concorrer diretamente com a Hilux.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas