Taubaté abre concorrência para trocar telhado da Rodoviária Nova

Impasse começou com queda de telhas em fevereiro de 2014.
Local foi reaberto parcialmente, com áreas isoladas e telhas escoradas.

Taubaté abre concorrência para trocar telhado da Rodoviária Nova
Rodoviária de Taubaté funciona de forma improvisada desde 2014 (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)

A Prefeitura de Taubaté abriu concorrência para fazer a reforma do telhado da Rodoviária Nova, que funciona de maneira improvisada desde fevereiro de 2014 quando uma telha de cerca de 20 metros cedeu. A licitação foi publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (23) e prevê a troca total das telhas do terminal.
Segundo a prefeitura, a obra prevê a troca total do telhado e tem custo de R$ 7,4 milhões. A abertura dos envelopes está marcada para o dia 23 de setembro. A concorrência prevê troca das telhas por telhado termoacústico, além da instalação de 60 lâmpadas de LED – que incluem lâmpadas de emergência– além de para raio e a pintura dos pilares.

A prefeitura espera que a obra comece até o início de novembro deste ano. “Esperamos que o processo administrativo seja concluído logo após a escolha e então a empresa pode começar os reparos. Paralelo a isso, estamos desenvolvendo um estudo para a terceirização do terminal, que ainda é desejo da administração. A empresa que assumir ficaria com os demais reparos necessários na rodoviária”, explicou Alexandre Magno, secretário de Serviços Públicos.
O terminal rodoviário de Taubaté funciona de forma improvisada desde fevereiro de 2014, quando uma das telhas de cerca de vinte metros desabou. Ninguém ficou ferido. Após a queda,o local foi parcialmente interditado e o serviço transferido para o estacionamento. Foram dez meses com atendimento improvisado em uma área parcialmente coberta e com os guichês funcionando em containeres.

Neste período, a prefeitura contratou uma empresa para análise da cobertura. O laudo apontou que 25% das telhas da Rodoviária Nova estavam comprometidas e com risco de queda. À época, a prefeitura havia dito que abriria uma licitação até o fim de 2015 com investimento de R$ 4 milhões para os reparos no local.

A prefeitura decidiu reabrir o local em dezembro de 2015. A administração justificou que o local improvisado não poderia absorver a demanda de fluxo durante as festas e férias. O local foi reaberto parcialmente, algumas áreas foram mantidas isoladas e áreas do telhado foram escoradas por andaimes. A estrutura funciona da mesma forma até este mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas