Superintendente dos Portos visita Coamo.

Diretores da Coamo Agroindustrial Cooperativa receberam ontem a visita do novo superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Mário Lobo Filho. Ele, que assumiu a função no último dia 03, diz que a visita faz parte de umas das ações da nova administração, que é aproximar o Porto com o interior do Estado.

Formular um planejamento estratégico que defina ações de médio e longo prazo será a principal diretriz de trabalho do novo superintendente. Ele afirma que dará continuidade aos projetos de infraestrutura em andamento como o de remodelação do cais para o aprofundamento dos berços de atracação e, também, o de dragagem de aprofundamento do Canal da Galheta. O primeiro já foi licitado. A licitação para o segundo deve ser lançada ainda neste semestre. Ambos dependem de licenciamento ambiental. “Vamos procurar tocar esses projetos com a maior celeridade possível. Essas obras são necessárias, pois a economia do País está crescendo e o porto também precisa crescer”, pondera.

Outra proposta em andamento na Appa e que terá continuidade com o novo superintendente é o de aquisição de uma draga para auto-suficiência nos projetos de dragagem. De imediato, o novo superintendente pretende dar atenção ao embarque da safra de grãos que, este mês de maio, deve atingir seu pico de escoamento. Até o final de abril, foram exportadas mais de quatro milhões de toneladas de soja, milho e farelos, segundo balanço preliminar do Setor de Estatística da Appa. “Precisamos fazer todo esforço, tomar todas as medidas necessárias para que o escoamento dessa safra recorde se dê da melhor forma possível, dentro das condições operacionais que temos hoje.”

Para o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, a visita de Mário Lobo Filho foi muito bem-vinda e produtiva. Na oportunidade, foram apresentadas as prioridades para o futuro dos Portos paranaenses. “O novo superintendente da Appa conhece muito bem a Coamo, e a estrutura do porto de Paranaguá, que é o corredor de exportação da produção agrícola paranaense. É muito importante que essa estrutura seja ampliada para que haja maior agilidade e eficiência nas operações com o escoamento da produção dos nossos cooperados”, diz.

Por Antonio Marcio, da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas