Suape se consolida como o melhor porto do Brasil.

Investimentos em infraestrutura, localização estratégica e o desenvolvimento de um polo provedor de bens e serviços fazem do Complexo Industrial e Portuário de Suape a principal área de investimentos do País
O Instituto de Logística e Supply Chain – Ilos realizou pesquisa entre operadores e gestores com atuação no setor. Com uma nota de 7,8, Suape recebeu a pontuação máxima por uma série de fatores que incluem investimentos estruturais ali feitos, localização estratégica e a criação e desenvolvimento de um polo provedor de bens e serviços da indústria de petróleo, gás, offshore e naval desde 2008.
O porto, que tem 31 anos, está em pleno crescimento. A movimentação de cargas atingiu em 2009 7,7 milhões de toneladas e para 2010 a administração do porto estima um aumento de até 20% no volume de cargas. As ações que se desenvolvem na área já refletem positivamente na economia do Estado, com investimentos que atingem a casa dos US$ 17 bilhões. “Pernambuco tem tudo para continuar liderando os investimentos no Nordeste. Nossa economia ganha um novo ritmo com o pleno crescimento do Complexo”, disse o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape, Fernando Bezerra Coelho.
A Refinaria Abreu e Lima, o Estaleiro Atlântico Sul, o Polo Petroquímico e outras 100 empresas instaladas no Complexo Industrial empregam, atualmente, 15 mil pessoas e até o final de 2010 esse número deve chegar as 20 mil. Nesse contexto, o Governo do Estado criou o Projeto Suape Global, uma iniciativa que objetiva a consolidação de Pernambuco como um dos principais mercados fornecedores de bens, equipamentos e serviços. “Temos mais de 5 mil hectares de área disponível para novos empreendimentos, programas de capacitação para a população pernambucana e uma série de incentivos fiscais que estão transformando o Estado no destino mais procurado por investidores internacionais em termos de Brasil”, informou o Secretário.
Projetos – para dar suporte ao crescimento do Complexo, investimentos públicos estão sendo aplicados na construção e na duplicação de rodovias, na construção e na reforma de píeres e cais e no fornecimento da infraestrutura necessária para a viabilização desses novos empreendimentos. De acordo com Bezerra Coelho, a aplicação de recursos prevista para 2010 – entre receita própria, repasse do governo federal e do Tesouro do Estado – são da ordem de R$ 750 milhões. “Em 2007, o investimento, sem contar a iniciativa privada, foi de R$ 105 milhões. Em 2008, esse valor chegou a R$ 158 milhões. No ano passado, atingimos R$ 438 milhões”, acrescentou Bezerra Coelho.
Na lista dos projetos prioritários para 2010 estão a licitação para o segundo terminal de contêineres, um terminal de minérios e um terminal de grãos, cujo valor estimado é de R$ 2 bilhões; a construção de novos pieres, a duplicação de vias internas, aumento da capacidade de produção de água bruta, com construção de uma nova subestação; e a restauração da ligação ferroviária com Alagoas, prevista para o fim do primeiro semestre.
Reconhecimento – Em 2007, Suape recebeu o título de Melhor Porto Público do País em estudo realizado pelo Instituto de Pós-graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano, o porto foi classificado como possuidor da segunda melhor gestão ambiental entre portos brasileiros em pesquisa realizada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários – Antaq.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas