Servidor reclama de demora para servir comida a pacientes no Hospital Geral de Roraima

Café da manhã foi servido com 2h30 de atraso e almoço foi servido às 14h40 deste domingo (14), diz funcionário.

 Servidor reclama de demora para servir comida a pacientes no Hospital Geral de Roraima
Hospital Geral de Roraima (HGR) é o maior do estado (Foto: Neto Figueredo/Secom-RR/Arquivo)

Um servidor do Hospital Geral de Roraima reclamou ao G1 neste domingo (14) sobre a demora para servir a alimentação de pacientes, acompanhantes e servidores da unidade hospitalar.
Segundo o funcionário, nesta manhã o café foi servido com 2h30 de atraso e o almoço só foi servido às 14h40.
Em nota, o governo informou que irá contratar uma nova empresa para fornecer os serviços de alimentação ao hospital.
“Hoje o café foi servido às 10h. Imagina o paciente passar a noite tomando medicação, em tratamento, e só tomar o café às 10h da manhã”, afirmou.
Segundo ele, os acompanhantes dos pacientes tem reclamado com servidores sobre os constantes atrasos no serviço de alimentação do maior hospital de Roraima. O serviço é fornecido por uma empresa terceirizada.
O G1 tentou contato com a empresa responsável pela alimentação no HGR, que é de Manaus, mas não teve retorno.
Ainda conforme o denunciante, normalmente o café da manhã no HGR é servido até às 7h30 e o almoço até às 12h. O atraso no serviço está ocorrendo de forma constante há pelo menos uma semana.
Além do problema de atraso, o reclamante contou também que a qualidade da comida não é boa. “A alimentação é de péssima qualidade. As comidas que não são adequadas para os pacientes”, disse.
O que o governo diz
Em nota, a Secretaria de Saúde informou que irá realizar na próxima sexta-feira (19) uma licitação para contratar uma nova empresa para fornecer a alimentação. Confira a nota:
“Depois de reiteradas reclamações de pacientes com relação à qualidade e a pontualidade da alimentação fornecida nas unidades de saúde do Estado, a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) informa que irá contratar uma nova empresa para esta finalidade.
A licitação está prevista para a próxima sexta-feira (19) e após a contratação, a expectativa é que a substituição seja realizada o quanto antes. Com isso, a intenção é melhorar significativamente a qualidade da alimentação servida nas unidades de saúde.
O contrato prevê seis refeições diárias balanceadas e adequadas às necessidades específicas de cada paciente. Este fornecimento é supervisionado e deve ser aprovado pela equipe de nutrição de cada hospital.
A Sesau fiscaliza continuamente a execução do serviço e considerando o que vinha ocorrendo até então, a empresa foi advertida e recebeu multa, conforme previsto em contrato”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas