Senado abre licitação de R$ 3,7 mi para comprar micros

A aquisição dos equipamentos tem como objetivo modernizar a estrutura de trabalho dos congressistas, com gasto previsto de R$ 3,7 milhões
GABRIELA GUERREIRO, da FolhaPress, em Tribuna do Norte
BRASÍLIA, DF – Os 81 senadores vão ter direito, a partir do ano que vem, a notebooks individuais com telas touch screen, novos painéis de votações no plenário e nas comissões, além de televisões de tecnologia full HD nos principais corredores da Casa. A aquisição dos equipamentos tem como objetivo modernizar a estrutura de trabalho dos congressistas, com gasto previsto de R$ 3,7 milhões. O Senado vai abrir pregão para a aquisição das máquinas no dia 30 de setembro. Em 2011, a Casa comprou tablets e smartphones para todos os congressistas –que podem ser levados de uma sala para outra–, mas o Senado justifica a nova aquisição ao afirmar que os notebooks nas comissões garantem disponibilidade dos computadores a todos os senadores. As compras serão realizadas na gestão do presidente Renan Calheiros (PMDB-AL), que assumiu o comando do Senado no ano passado com a promessa de corte de gastos. Apesar de ter reduzido despesas da Casa, Renan não diminuiu os benefícios diretos dos congressistas. No total, serão 364 notebooks com tela sensível ao toque instalados no plenário principal da Casa e nas oito comissões. Só com a aquisição dos novos computadores portáteis, o Senado estima gastar R$ 1,6 milhão. O plenário já conta com 81 computadores individuais nas bancadas de cada parlamentar, mas a Casa vai trocar os equipamentos instalados há cinco anos porque considera os atuais no final de sua vida útil. Os atuais computadores são notebooks tradicionais, sem a tela sensível ao toque, como agora solicita o Senado. O novo modelo, segundo o edital, permite uma interação mais amigável e intuitiva do parlamentar em suas atividades. Inicialmente, as duas comissões mais importantes vão receber os equipamentos: a de Constituição e Justiça e a de Assuntos Econômicos. Na segunda etapa, a Casa vai instalar nas demais seis comissões o mínimo de 23 e o máximo de 47 computadores por sala. PAINÉIS O edital prevê a compra de um novo painel de votações para o plenário com 23 monitores de tecnologia LFD (Large Format Display ou Tela de Grande Formato, em tradução livre), que permite maior qualidade de imagem e fina espessura. Nas oito comissões, ainda serão instalados leitores biométricos para o registro do ponto dos senadores, que não vão mais precisar ir ao plenário para marcar presença –como ocorre no atual modelo. O registro no sistema biométrico é feito por meio da impressão digital de cada congressista. O gasto para a instalação do modelo biométrico nas comissões será de R$ 9,5 mil. Os dois corredores onde estão localizadas as comissões vão receber duas TVs com tecnologia full HD para exibição de informações relacionadas às reuniões dos congressistas. O edital prevê a compra de mais dois televisores como reserva técnica para substituir os que foram instalados há mais de cinco anos nos plenários das comissões. O Senado afirma, no edital, que a troca dos equipamentos vai permitir maior agilidade no trabalho dos senadores ao possibilitar que acompanhem pelos notebooks documentos e informações das reuniões das comissões. A Casa afirma ainda que os recursos estão previstos no plano de contratações do Senado para 2014 por ser uma das prioridades de Renan para este ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas