Seduc reúne com diretores de escolas do oeste paraense.

Da Redação
Agência Pará

A secretária de Estado de Educação, Socorro Coelho, esteve no município de Santarém, Oeste do Estado, para cumprir uma agenda de trabalho e verificar quais as prioridades para a educação em 2010 nas escolas da rede estadual de ensino, localizadas nos municípios de Santarém, Aveiro, Belterra e Mojuí dos Campos, no qual estão matriculados mais de 38 mil alunos.

Em reunião com 40 diretores das escolas pertencentes à 5ª Unidadre Regional de Educação (5ª URE) na manhã desta quinta-feira (25), na escola Maria Imaculada, a secretária ouviu solicitações sobre lotação de professores, apoio de pessoal e problemas de infraestrutura. Ela ainda anunciou que, pelo menos, 12 escolas já estão no planejamento de reforma para 2010, incluindo as escolas “Romano Leal”, “Antônio Belo de Carvalho” e “Olindo de Carmo Neves”, visitadas durante toda a tarde, após a reunião com os diretores.

Visitas – A comitiva da Seduc visitou as três escolas que estão em situação precária e devem receber reformas emergenciais para que os alunos da rede não fiquem prejudicados no ano letivo de 2010. A primeira delas, que deverá ser totalmente reconstruída, é a escola Romano Tavares Leal, que teve de remanejar os 723 alunos do ensino fundamental e médio para as escolas Júlia Passarinho Gonçalves e Gonçalves Dias, por ter sido interditada há mais de um ano. Desde que foi construída, há 21 anos, a escola não passa por reformas, apenas reparos emergencias e agora deve entrar no plano de licitação com valor orçado em R$ 2.812.000,00.

Também em condições precárias está a escola Antônio Belo de Carvalho, que há 14 anos não é reformada e terá como prioridade a construção do muro que interfere na segurança dos alunos. A última escola visitada foi a Olindo de Carmo Neves que recentemente teve que ser interditada pelo Corpo dos Bombeiros. Alunos e pais, que aguardavam posicionamento da Seduc sobre o remanejamento para outro prédio, também estiveram presentes na visita e conversaram com a secretária-adjunta de Ensino, Ney Cristina, que assegurou que, ainda esta semana, a escola definirá para onde os alunos serão remanejados, até que a escola seja reformada. Para as 12 escolas de Santarém que deverão ser licitadas para reforma, o valor investido será de R$ 25.693.391,52.

Julie Rocha – Seduc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas