Sede da UPP do Pavão-Pavãozinho fica pronta no segundo semestre

Por Guedes de Freitas

Os 207 policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) que atuam nas comunidades do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, e Cantagalo, em Ipanema, já podem começar a contagem regressiva para ganhar uma sede própria. A Secretaria de Obras promete entregar à Secretaria de Segurança em quatro meses a obra de adaptação do prédio existente à Avenida Cantagalo 175, composto de cinco pavimentos e subsolo, totalizando uma área de 887,90 metros quadrados. O edital de licitação deverá ser publicado nesta primeira quinzena de março, e as obras iniciadas em maio.

O projeto de reforma, elaborado em parceria com a Secretaria de Segurança, contempla a instalação de um elevador, sistemas de ar condicionado, incêndio, televisão, informática e telefonia, auditório de 42 lugares para a realização de encontros e palestras, além de acesso para pessoas portadoras de necessidades especiais. Encontram-se em andamento as negociações para a realocação das 28 famílias que hoje residem no prédio para um outro, em fase final de construção, denominado Área de Reassentamento 2 (AR2), localizada ao lado do Ciep João Goulart, com 120 unidades habitacionais. Quem não quiser será indenizado.

A UPP está projetada para abrigar um efetivo de 300 policiais aproximadamente, com todo conforto e meios para o perfeito desenvolvimento dos trabalhos. O projeto contempla jardim e deck, hall com elevador, dois depósitos, cinco sanitários masculinos e femininos, alojamentos masculino e feminino, copa, refeitório, sala de reunião, auditório com 42 lugares, salas de armas, de atendimento, de administração, de comando e de rádio e monitoramento e um terraço descoberto e outro coberto para recreação.

O capitão Leonardo Nogueira, comandante da UPP, não vê a hora de acomodar com dignidade sua tropa. Segundo ele, os policiais usam atualmente as instalações do antigo Grupamento de Policiamento de Áreas Especiais (GPAE), que não oferecem conforto nem atendem as necessidades dos policiais em serviço.

– O prédio é velho e úmido e não possui alojamento. Com a sede própria, esses problemas não existirão. Eles terão banheiros, alojamentos e, inclusive, poderão fazer as refeições sem se afastar do local de serviço, como hoje quando têm de se deslocar até o 19 BPM (Batalhão de Polícia Militar), o que é preocupante, pois nos obriga a retirar parte do efetivo em serviço por duas, três horas de uma comunidade ainda não totalmente pacificada. Os marginais continuam atentos a qualquer brecha – explicou o capitão.

Inaugurada no dia 23 de dezembro de 2009, a UPP foi a quinta a ser implantada. Juntando-se às unidades do Dona Marta, em Botafogo, Chapéu Mangueira/Babilônia, no Leme, e Ladeira dos Tabajaras/Morro dos Cabritos, em Copacabana, formou-se um novo corredor de segurança ao longo da orla, do Leme a Ipanema.

Pavão-Pavãozinho e Cantagalo se localizam num dos pontos mais nobres do Rio de Janeiro, entre os bairros de Ipanema e Copacabana, e possuem uma das vistas mais privilegiadas da cidade. Nas comunidades, moram 9.500 pessoas. Comandante da UPP, o capitão Leonardo Nogueira é um oficial com formação humanista, especializado em percussão latina pela Escola de Música Villa-Lobos, cujos ensinamentos ele procura passar para as crianças e jovens das comunidades. A UPP também já tem mais de 50 crianças inscritas para as aulas de futsal, que serão ministradas por um policial da unidade. As aulas, que devem começar nas próximas semanas, irão acontecer em espaço cedido pelo “Criança Esperança”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas