Secretaria de Finanças fica de fora da nova licitação para informática

Lígia Ligabue
A Prefeitura de Bauru tentará novamente contratar empresa que ficará responsável por todas as ferramentas de tecnologia de informação do município. Porém, o edital que será publicado na edição de amanhã do Diário Oficial de Bauru (DOB) não contará com a previsão de serviço para o setor financeiro da prefeitura. No início de janeiro, a Secretaria Municipal de Finanças renovou contrato com a empresa que já oferece serviço para a pasta, por conta da demora da contratação do novo sistema.

A licitação dos serviços de gerenciamento de tecnologia de informação teve o lote 1 revogado porque as três primeiras empresas que participaram dos lances do pregão presencial foram inabilitadas, inviabilizando a continuidade da disputa. O novo processo terá início amanhã, com a publicação do edital, agora na modalidade pregão eletrônico. Isso é para permitir que todas as participantes deem lances.

No início de janeiro, por conta da demora na contratação, a Secretaria Municipal de Finanças renovou por mais um ano a prestação de serviços da Cecam, responsável pelo sistema contábil da prefeitura. De acordo com o secretário municipal da Administração, Renato Gragnani, a renovação do contrato levou a alteração do edital. “Tendo em vista a prorrogação do contrato com a Cecam para o módulo financeiro por mais um ano, nós decidimos retirar esse módulo, nesse momento, do sistema integrado que pretendemos contratar”, pontua.

Mas o secretário, que deixa a pasta hoje, era contra a Secretaria de Finanças ficar de fora da integração. Ele considerou que a manutenção do serviço apenas na pasta, com as ferramentas atuais, não permite ao chefe do Executivo acesso direto aos dados, dependendo do comando da pasta para verificar informações de imediato.

A proposta da Administração é contratar uma empresa que ficará responsável por toda a movimentação da prefeitura, desde os setores tributários, de compras, folha de pagamento e de almoxarifado. Porém, com a decisão da Finanças de renovar seu acordo com a Cecam, a Administração retirou do edital o serviço financeiro, que controla as contas e fichas orçamentárias do município. “Para evitar retrabalho, decidimos manter o contrato com a Cecam por mais um ano e não vamos mexer nisso por enquanto, isso foi postergado”, pontua.

“Mas quando vencer o contrato com a Cecam, contrataríamos um novo módulo financeiro integrado ao sistema novo. Para isso, a gente vai exigir no edital desse módulo financeiro a compatibilidade das versões. O programa que será instalado na prefeitura precisa estar com os códigos abertos, para que isso seja possível”, explica Gragnani.

Porém, um serviço executado pela Secretaria Municipal de Finanças fará parte do novo processo licitatório. “Nesse edital irá entrar o módulo tributário da Finanças. É ele que traz a emissão das notas fiscais eletrônicas”, explica o secretário. De acordo com Gragnani, a expectativa é que a até o final do mês de março a empresa vencedora já esteja com contrato assinado com a prefeitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas