Santa Cruz do Sul aprova a Lei da Microempresa

A Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade na segunda-feira o projeto de lei da Prefeitura que institui a Lei Geral da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual. O objetivo é fortalecer o setor e reduzir a informalidade.

O vereador Hildo Ney Caspary (PP), que fez indicação ao governo solicitando o encaminhamento da matéria, disse que a lei facilita a formação de pequenas empresas e a sua legalização e a redução da informalidade. Lembrou que terão incentivos fiscais e poderão participar de licitações no setor público. “A legislação é um avanço. Além de fortalecer a economia, vai influenciar positivamente na geração de empregos.”

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Santa Cruz do Sul, Jair Jasper, esteve no Legislativo explicando detalhes do projeto. Conforme ele, a lei é nacional, mas pode ser adaptada à realidade de cada município.

Dentre as vantagens do texto aprovado, apontou o acesso das pequenas às linhas de crédito e ao sistema diferenciado de tributação e taxas. Os órgãos públicos, como as prefeituras, poderão direcionar licitações, de até R$ 80 mil, exclusivamente para micro e pequenas empresas. Em Santa Cruz, será criado o Comitê Gestor das Micro e Pequenas Empresas, para acompanhar de perto o desenvolvimento do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas