Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios

Segundo a Artesp, novas praças seriam em Praia Grande e Itariri.
Mudanças estão previstas na Pe. Manoel da Nóbrega (SP-55).

Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios
Rodovia Pe. Manoel da Nóbrega, altura de Praia Grande (Foto: Carlos Abelha/G1)

As viagens dos turistas que costumam passar os fins de semana nas praias do litoral de São Paulo, assim como o deslocamento dos moradores, ficarão mais caras em breve. Isso porque, além da duplicação de um trecho da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-55), entre Peruíbee Miracatu, no Vale do Ribeira, ter sido incluída no pacote de concessão de rodovias anunciado recentemente pelo Governo do Estado, a região deve ganhar mais duas praças de pedágio, uma em Praia Grande e outra em Itariri.
A informação foi confirmada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), durante audiência pública sobre o tema realizada na última terça-feira (2) em Peruíbe.

O projeto inicial de concessão [Lote A] dos 116 quilômetros da rodovia não contempla implantar uma terceira faixa no trecho entre Peruíbe e Praia Grande, por exemplo, mas sim um pedágio no Km 294 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. O sentido ainda não está definido. No Vale do Ribeira, a ideia é que o pedágio fique no Km 394.

Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios
Trecho da SP-55 entre Peruíbe e Miracatu será duplicado (Foto: Reprodução/Artesp)

Praia Grande teme prejuízo
A notícia surpreendeu o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB). Ele pediu ao secretário de Planejamento da cidade que protocolasse um ofício contrário ao pedágio.

“O investimento é bom e nós reconhecemos, mas esse pegádio que existe em São Vicente, no Km 280, já nos traz um prejuízo, porque muitos motoristas, inclusive de caminhões, para fugir dele [pedágio], fazem um caminho pelas vias internas de Praia Grande, e um outro só vai aumentar o problema”, aponta Luiz Fernando Lopes.

Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios
Trânsito na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega,
em São Vicente (Foto: Reprodução/Ecovias )

“Criar mais uma praça de pedágio a poucos quilômetros de uma que já existe só vai piorar os congestionamentos que temos, tanto na rodovia quanto nas cidades. Isso atrapalha o comércio e o desenvolvimento de toda a região”, acrescenta.

Em nota, a Artesp afirma que a concessão vai justamente trazer benefícios para outros setores da economia, além de facilitar o acesso ao Porto de Santos. “Está previsto um aumento de 106% no setor de produtos químicos na cidade de Registro; 101% na agricultura, silvicultura e extrativismo vegetal em Itanhaém e 135% no setor de produtos químicos em Santos”.

Região metropolitana
A inclusão de novas praças de pedágio na região são encaradas com preocupação por autoridades e devem mudar a rotina da Baixada Santista e também do Vale do Ribeira.

Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios
Audiência Pública do Lote A foi realizada em
Peruíbe (Foto: Rafael Vitor/Arquivo Pessoal)

O presidente da Câmara de Peruíbe, Rafael Vitor de Souza (PMDB), acredita que a questão deve ser tratada com cautela. “Nos próximos dias, vou oficiar os órgãos responsáveis sobre as mudanças que pretendem implantar. Precisamos de mais informações para não prejudicar quem já vive na região”, diz.

Para o advogado Kaian Teixeira, um pedágio só iria encarecer ainda mais as viagens dos moradores. Isso porque, diariamente, dezenas de ônibus com universitários saem de Peruíbe, Itanhaém e Mongaguá, por exemplo, rumo a Santos. O mesmo acontece para pacientes que fazem tratamentos em hospitais públicos mais distantes.

“Será pior para a população flutuante, aquela que estuda ou trabalha em Santos e mora em outras cidades, ou o contrário. Essa ‘brincadeira’ vai sair cara”, diz.

Rodovia que dá acesso ao litoral de SP pode ganhar dois novos pedágios
Valor do pegádio ainda não foi definido (Foto: Reprodução)

Tarifa
A Artesp, por sua vez, afirma que as posições das praças de pedágio “são apenas um estudo e poderão mudar após o fim da consulta pública”. A agência ressalta que o valor das tarifas não está definido. “A proposta da nova concessão leva em conta a possibilidade de as tarifas serem flexíveis (menores) em determinados horários nas rodovias, e têm como base valores 27% menores que as do início do projeto”.
O lançamento do edital de licitação da concessão está previsto para ser divulgado em abril deste ano.

O assunto também deverá ser pauta de reunião do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), que reúne os nove prefeitos da região. Para o atual presidente do Conselho e prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), é preciso discutir alternativas.

“Vamos também promover a discussão de alternativas para a realização das melhorias necessárias na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, uma importante via de ligação para o Litoral Sul”, destaca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas