Ribeirão terá internação para menor dependente.

Prefeitura lança licitação para contratar entidade capaz de cuidar de 20 adolescentes por mês; hoje só há atendimento ambulatorial

Hélia Araujo

A Prefeitura de Ribeirão Preto vai contratar uma entidade para a internação de crianças e adolescentes viciados em drogas. O aviso de licitação foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial e prevê gasto anual de até R$ 264 mil para a internação de 20 dependentes por mês. Hoje o município tem apenas tratamento ambulatorial (sem internação).

A falta de um local específico para o tratamento desses jovens obrigou a prefeitura a fazer contrato emergencial com uma entidade de Descalvado, a 100 quilômetros de Ribeirão, para atender medidas judiciais de internação para oito menores.

“A licitação foi aberta para evitar contratos emergenciais, já que todos os dias temos pedidos de internação. A estimativa é que cada menor custe em média R$ 1,1 mil por mês na entidade que vamos contratar”, disse Darlene Mestriner, assistente da secretária da Saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas