Revitalização deve acabar com alagamentos e trechos da Ernesto Geisel serão reformados

As obras se estenderão por oito quilômetros, abrangendo o trecho da Norte Sul, entre a rua Santa Adélia, no conjunto Coohaphama e a avenida Campestre, no bairro Aero Rancho.

Avenida Ernesto Geisel próximo ao shopping Norte Sul
Avenida Ernesto Geisel próximo ao shopping Norte Sul

A avenida Ernesto Geisel deverá ter trechos reformados nos próximos meses. A revitalização das margens do Rio Anhandui, para o controle de enchentes no seu entorno, terá a licitação lançada na primeira quinzena de março. As obras se estenderão por oito quilômetros, abrangendo o trecho da Norte Sul, entre a rua Santa Adélia, no conjunto Coohaphama e a avenida Campestre, no bairro Aero Rancho. A obra será dividida em seis lotes, com previsão de ficar concluída em 18 meses.
O projeto teve elaboração em 2012, foi revisto e ampliado, incluindo agora o recapeamento deste que é o principal corredor viário de ligação do centro da cidade com a região urbana do Anhanduí, a mais populosa da cidade com aproximadamente 200 mil habitantes.
O custo inicial do projeto era de R$ 47 milhões, e subiu para  R$ 68 milhões com a readequação. A verba é oriunda da União alocados no Ministério das Cidades (R$ 40 milhões) e contrapartida de R$ 28 milhões da Prefeitura.
Para evitar o transbordamento do rio e regular o escoamento das águas pluviais que descem dos bairros situados nas duas margens do Anhanduí, está prevista a conexão dos sistemas de drenagem, especialmente os dos bairros Marcos Roberto, Nha Nha, Nova Esperança, Guanandi e Dona Neta. Os primeiros trechos onde haverá intervenção são na altura das ruas Abolição (bairro Taquarussu) e Ouro Verde, conexão com o sistema de drenagem implantado para o controle de enchente nos bairros Jockey Club e Marcos Roberto. Será feita a travessia da tubulação da Norte Sul, para que enxurrada desemboque no Anhanduí.
A obra deverá ter a recomposição das margens do rio, construção de muros de contenção pelo sistema gabião e colocação de placas pré-moldadas. Para evitar transbordamentos, será ampliado o vão da ponte da rua Bom Sucesso, onde hoje o leito do rio se estreita. O projeto prevê 804 metros de drenagem, 6,9 quilômetros de ciclovia, construção de uma passarela para ciclistas sobre o Córrego Bandeira e uma pista de caminhada de  mais de 2,5 mil metros quadrados.  Estão programadas oito áreas de convivência no trecho próximo ao Aero Rancho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas