Restauração do Palácio Rio Branco custará R$ 1 milhão.

Richa assinou edital ontem, juntamente com presidente da Câmara

O prefeito de Curitiba, Beto Richa, e o presidente da Câmara Municipal, João Cláudio Derosso, assinaram ontem o edital de licitação para restauro do Palácio Rio Branco, sede da Câmara Municipal de Curitiba. A obra, orçada em R$ 1 milhão, será paga com recursos do Fundo de Reformas e Obras da Câmara Municipal.

“A recuperação deste prédio resgata a memória e a história do Palácio Rio Branco. O prédio representa também os anseios da sociedade curitibana, por meio do bom trabalho feito pelos nossos vereadores”, afirmou Beto Richa. O restauro será feito na parte estrutural do prédio, com a recuperação de paredes, colunas e janelas. A pintura será refeita, procurando resgatar a cor original da edificação. Em 1972, foi feita uma pequena reforma no prédio, apenas para melhor o uso do porão.

“O prédio apresenta rachaduras porque foi construído em cima de um banhado, que vibra com o movimento intenso de veículos na região”, disse o presidente da Câmara Municipal, João Cláudio Derosso.

A previsão de abertura dos envelopes de licitação é 24 de abril. Caso não ocorra recurso administrativo, o início da obra poderá acontecer no segundo semestre. Serão 300 dias de trabalho, até a conclusão do restauro.

Histórico

Em 1890, o Governo do Paraná contratou o arquiteto Ernesto Guaita para construir o Palácio Rio Branco. A obra iniciou em 1891 e foi concluída em 1895. Somente em 1963 a Câmara Municipal foi instalada no prédio. O edifício tem três pavimentos: térreo elevado, galerias no pavimento superior e porão alto que, com a intervenção de 1972, passou a ter melhor utilização, com rebaixamento de 35 centímetros do piso deste pavimento. Pelo seu valor histórico e cultural para o Paraná, o prédio foi tombado pelo Estado em1978.

Na reforma, as intervenções são para a reconstituição dos assoalhos do pavimento principal e das galerias, colocação de novas telhas francesas, a melhoria das instalações elétricas, de telefone e lógica e a substituição das luminárias por outras mais adequadas ao edifício. No porão, está programada a restauração das janelas, melhorias nas instalações sanitárias e substituição do forro de um dos espaços.

Fonte: Jornal de Colombo
contato@jornaldecolombo.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas