Reinaldo promete construir hospital e padre que fez cobrança agradece

Governador espera empenho de R$ 20 milhões do Ministério da Saúde para abrir licitação do Hospital Regional de Dourados

Reinaldo promete construir hospital e padre que fez cobrança agradece
Reinaldo Azambuja disse que projeto original do Hospital Regional passou por alterações (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse nesta terça-feira em Dourados, a 233 km de Campo Grande, que aguarda a liberação de uma verba de R$ 20 milhões do Ministério da Saúde para abrir a licitação para construção do Hospital Regional da cidade.

A obra chegou a ser iniciada no governo anterior, mas foi paralisada em janeiro. Na época, Reinaldo afirmou que seu antecessor, André Puccinelli (PMDB), lançou a obra, mas cancelou o empenho dos recursos.

Segundo o governador, o projeto original passou por algumas adaptações, mas o hospital será construído no mesmo local onde foi iniciado, em um terreno na saída para Ponta Porã, doado por um empresário local.

Padre agradeceu – Em junho deste ano, ao participar da missa de reinauguração da catedral de Dourados, Reinaldo foi cobrado em público pelo padre Crispim Guimarães, que aproveitou o sermão para defender a construção do hospital. Ontem à noite, na abertura da programação de Natal “Dourados Brilha”, na Praça Antonio João, o padre voltou a falar sobre o caso e agradeceu ao governador, que havia lhe informado pouco antes sobre a retomada da obra.

Reinaldo disse que aguarda o empenho por parte do Ministério da Saúde de uma verba de R$ 20 milhões para iniciar a licitação e após o processo retomar as obras do hospital, projetado para atender Dourados e outros 32 municípios da região.

“O governo passado tinha mandado uma carta para o Ministério da Saúde abrindo mão de uma emenda colocada pelo ex-deputado Marçal Filho, mas estamos tentando recuperar, com apoio de toda a bancada. O ministro se comprometeu a recuperar os R$ 20 milhões daquela emenda e nós esperamos que esse contingenciamento que foi anunciado não prejudique a liberação”, afirmou Reinaldo.

O governador disse que o custo da construção do hospital, sem contar os equipamentos, deve chegar a R$ 45 milhões – R$ 20 milhões do Ministério da Saúde e R$ 25 milhões em recursos públicos do Estado. Segundo ele, também já foram garantidos R$ 4 milhões, através de emenda do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), para construção de um centro de diagnóstico anexo ao futuro hospital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas