Região Norte terá licitação de rede de interligação elétrica

Autorização começa a valer em 15 de abril, permitindo ampliar oferta local de energia na Amazônia Legal

A partir de 15 de abril, o governo federal poderá realizar leilões de concessão para contratar a construção de linhas de interligarão elétrica para comunidades isoladas de nove estados da Amazônia Legal. A autorização para as concorrência foi alvo de decreto assinado pela presidenta Dilma Rousseff, com o objetivo de ampliar a oferta de energia elétrica na Região Norte do País.

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, afirmou que a iniciativa será uma solução estruturante para levar energia para a região. “A decisão, portanto, implementa, efetivamente, numa região que tem sido importante na fronteira do crescimento da geração hidráulica no Brasil, no estado do Pará”.

Braga avaliou que a Região Norte, em especial o estado do Pará, tem hidrelétricas como Telles Pires e terá Belo Monte, mas que a falta de interligação da rede local dificulta o acesso à energia pela população.

“Sendo assim, conta como um dos maiores geradores de energia do Brasil, e no entanto, tem regiões dentro do estado que não temos como chegar com a energia se não tivermos uma solução como essa. Essa é, portanto, uma solução estruturante para a região amazônica”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas