R$ 74,7 mil para comprar gasolina ou álcool em 2011

Se o custo do aluguel dos automóveis ainda não está decidido (o limite máximo colocado na licitação é R$ 302,2 mil), outro gasto já pode ser computado nos cofres da Câmara de Vereadores. Desde o dia 1º, está valendo um contrato de R$ 74,705 mil para a compra de gasolina ou álcool durante o ano de 2011. Mas esse valor pode ser aumentado ao longo do ano por aditivos feitos no contrato.

Seguindo o comparativo de preços feito pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), em Joinville o valor médio do litro do álcool saiu por R$ 2,153 e o valor da gasolina por R$ 2,579. Baseado neste valor médio, seria possível comprar 34.698,09 litros de álcool ou 28.966,65 litros de gasolina.

Se seguirem o que fizeram no ano passado e abastecerem os veículos alugados apenas com álcool, cada vereador teria 166,01 litros à disposição por mês. Se optarem pela gasolina, a quantidade seria de 138,59 litros.

Em 2010, Odir Nunes usou 3.445 litros de álcool no ano. Isso representa uma média mensal de 287,03 litros. São 111,02 litros de combustível a mais do que a média do que o vereador gastou ano passado. Para o presidente da Câmara isso não é uma preocupação. “Sou o que mais roda, mas em compensação, temos outros que andam pouco”, justifica Odir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas