Pronta para abrir

Yuno Silva
Fechada há quase sete anos, a Cidade da Criança, uma ilustre desconhecida para a maioria do público infantil natalense, está ‘bem dizer’ pronta para reabrir suas portas. O administrador do espaço estima que 98% da obra está finalizada, faltando detalhes como a instalação do playground, e a expectativa geral era para que um dos raros espaços públicos de lazer no bairro Tirol fosse reinaugurado até o dia 12 de outubro, data simbólica mais que propícia para a festa. ‘Mas, porém, contudo’, o dia certo ainda não está definido. A única informação concreta é a de que os esforços estão concentrados para que a Cidade da Criança volte a funcionar agora em outubro.

A única indefinição é quando ao uso do prédio cor de abóbora. Segundo dministração local da FJA, o espaço será um salão de festas e eventos - Foto:Emanuel Amaral
A única indefinição é quando ao uso do prédio cor de abóbora. Segundo dministração local da FJA, o espaço será um salão de festas e eventos – Foto:Emanuel Amaral

Escolinha de artes, biblioteca, brinquedoteca, capela, auditório climatizado com 90 lugares, anfiteatro para 350 pessoas, playground, museu taxidérmico, rampas que permitem acessibilidade a todos os equipamentos, bicicletário, passeio de pedalinho na Lagoa Manoel Felipe, quiosques e praça de alimentação compõem a paisagem do lugar.
“Não temos uma data confirmada. Nossa meta é abrir agora em outubro, estamos trabalhando para isso, mas não tenho como precisar o dia”, disse Ivanira Machado, diretora administrativa da Fundação José Augusto, órgão do Governo Estadual, responsável pela gestão do espaço. A reformulação geral da Cidade da Criança custou R$ 7,2 milhões. De acordo com ela, “a obra está praticamente pronta”.
O artista plástico Vatenor de Oliveira, diretor da Cidade da Criança, adiantou que “neste momento” estão trabalhando na limpeza da lagoa e na instalação de um playground nos mesmos moldes do que existe no Parque das Dunas.
Ivanira Machado explica que, antes de abrir as portas ao público, será preciso receber o habite-se da área, documento emitido pelo Corpo de Bombeiros comprovando que a construção segue as normas exigidas pelo Código de Obras. “Além do habite-se e dos últimos retoques, está em curso processo licitatório para seleção de prestadores de serviços. Queremos abrir a Cidade da Criança com, pelo menos, parte dos quiosques de alimentação funcionando”, exemplifica a diretora da FJA.
As licitações também irão definir as empresas responsáveis pela bilheteria, limpeza e aluguel de pedalinhos na Lagoa Manoel Felipe, entre outros serviços. “Inicialmente o acesso será gratuito”, avisa a gestora. Ivanira destacou que uma primeira licitação chegou a ser feita, “mas constatamos algumas brechas no termo de referência e decidimos reiniciar o processo”. Ela explicou que o trâmite vai ser rápido, pois há empresas interessadas e não haverá dificuldade de preencher os espaços.
O maior desses espaços, uma edificação de dois pavimentos, irá abrigar um Centro de Ciências (gestão à cargo da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN – Fapern) no piso inferior, e um salão de festas. Por enquanto não se fala mais sobre a ida do planetário para a Cidade da Criança, equipamento adquirido pela Fapern em 2009, por 787 mil dólares (ou R$ 1,9 milhão no câmbio atual) e que está guardado em um galpão da Marinha desde então.
No projeto original, o local onde pretende-se instalar o salão de festas seria um restaurante com direito a ampla varanda de frente para a lagoa. Também chegou a ser cogitada a ocupação do lugar por uma academia de ginástica. “A definição do uso foi da professora Isaura (Rosado, secretária Extraordinária de Cultura do Estado), e a prioridade será para festas infantis”, disse Ivanira Machado. A reportagem do VIVER tentou contato com Isaura Rosado, que está licenciada, para esclarecer a opção por um salão de festas, mas não obteve êxito: os dois números de celulares informados deram fora de área.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas