Projeto de duplicação da BR-280 é apresentado em Jaraguá do Sul .

Para que a estrada saia definitivamente do papel ainda faltam uma série de trâmites burocráticos

Maurício Cossio | mauricio.cossio@an.com.br

A população de Jaraguá do Sul e região pôde finalmente conhecer o projeto de duplicação da BR-280. O novo traçado da rodovia, junto com todas as suas implicações ambientais e de desapropriações de terras, foi apresentado na audiência pública realizada na quarta-feira.

Mas para que a estrada saia definitivamente do papel ainda faltam uma série de trâmites burocráticos. Depois de ter ouvido as considerações da comunidade nas audiências de São Francisco do Sul e Jaraguá, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), tem 60 dias para aprovar o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) e liberar a Licença Prévia.

Somente com essa licença liberada é que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) pode iniciar o processo de licitação para as obras. Com tudo isso, os mais otimistas apostam que o início dos trabalhos pode ocorrer no início do ano que vem.

— Nossa esperança é que em 2010 possamos começar as obras, o que deve acontecer ao mesmo tempo nos dois lotes: de São Francisco até a BR-101 e dali até Jaraguá — diz o Superintendente do Dnit em Santa Catarina, João José dos Santos.

O processo de licitação deve consumir em torno de R$ 120 milhões e o custo total da obra deve chegar a R$ 1 bilhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas