Prefeitura vai unir propostas concorrentes em projeto da marina da Beira-Mar Norte

Segundo Executivo municipal, próximo passo é aguardar aprovação da Lei de Concessão, que tramita na Câmara de Vereadores

Prefeitura vai unir propostas concorrentes em projeto da marina da Beira-Mar Norte
Reprodução/ND
O projeto prevê espaço para eventos e lazer

A implantação de uma marina e um parque urbano na avenida Beira-Mar Norte começa a ganhar forma em Florianópolis. Depois de uma análise minuciosa feita por especialistas, o projeto será implantado com a junção das propostas apresentadas pelas empresas ARK7 Arquitetura e AJX & Karolyne, para servir como base para o edital de licitação da concessão.

De acordo com a Prefeitura, a empresa ARK7 Arquitetura obteve maior pontuação no estudo preliminar arquitetônico e urbanístico e no de viabilidade econômico e financeiro. Já o projeto da empresa AJX & Karolyne pontuou mais nos estudos de territorialidade, impacto simplificado, diagnóstico ambiental e nos aspectos legais.

Com a análise definida, o próximo passo é aguardar a aprovação da Lei de Concessão, que já foi encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores. Depois, o edital de licitação deverá ser elaborado e lançado.

Segundo a Prefeitura, o projeto do Parque Urbano com Marina prevê a concessão do espaço pelo período de 30 anos para a empresa que for implantar o projeto, tempo considerado necessário para o retorno dos investimentos que serão realizados pela iniciativa privada.

Prefeitura vai unir propostas concorrentes em projeto da marina da Beira-Mar Norte
Reprodução/ND
A empresa ARK7 obteve a maior pontuação em seu projeto

A área contará com um parque urbano público, de convivência para todos que estiverem passando pela região, com espaço para a realização de eventos, estacionamento de veículos  e quiosques, além de área de lazer e espaço para práticas esportivas que envolvam o mar. Haverá a integração de modais, já que a marina abrigará vagas molhadas de uso público, sendo uma parte destinada para uma futura instalação de transporte náutico no local.

Para analisar os projetos, foram convidados representantes do CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), AsBEA/SC (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura), OAB/SC (Ordem dos Advogados do Brasil), IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), CREA/SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), Acatmar (Associação Náutica Catarinense para o Brasil), BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) e Fundação Certi, do Sapiens Parque.

Além deles, foi formada uma equipe composta por notáveis para consultoria e suporte: Amyr Klink, com experiência no setor náutico; Jaime Lerner, do meio urbanístico; Nelson Ronnie dos Santos, superintendente do BRDE, que dará sua opinião na parte de economia; e José Eduardo Azevedo Fiates, diretor executivo do Sapiens Parque, opinando em relação à inovação e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas