Prefeitura quer instalar duas pontes para bicicletas na Marginal Pinheiros

Passarelas ligarão ciclovias do Morumbi, Brooklin, Butantã e Pinheiros.
Administração contratou estudos ao preço de R$ 1,9 milhão.

Prefeitura quer instalar duas pontes para bicicletas na Marginal Pinheiros
Planta esquemática da ciclopassarela que ficará ao lado da ponte Eusébio Matoso (Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo)

A Prefeitura de São Paulo planeja construir duas ciclopassarelas na Marginal Pinheiros em 2016. Serão pontes sobre o rio voltadas para ciclistas e pedestres e que permitirão a ligação entre bairros que ficam em margens opostas do Rio Pinheiros. Elas ainda serão novos acessos à ciclovia da Marginal Pinheiros, que fica ao lado da pista sentido Rodovia Castello Branco.

Uma das pontes será paralela à Ponte Eusébio Matoso e vai ligar a Praça Oliveira Penteado, no Butantã, e o acesso à Rua Eugenio de Medeiros, em Pinheiros. A pista terá extensão de 422 metros.

A outra ligará a região do Jardim Panorama, no Morumbi, às proximidades da Estação Berrini da CPTM, no Brooklin. A extensão prevista é de 320 metros, segundo informações da SPTrans, a empresa municipal encarregada de tocar o projeto.

A iniciativa faz parte do projeto da Prefeitura de interligar trechos da malha cicloviária que vem sendo instalada na cidade. Desde 2013, a administração implantou cerca de 260 km de vias para bicicletas – a meta é entregar 400 km.

Um consórcio já foi contratado para elaborar projetos funcional e básico das ciclovias pelo preço de R$ 1,9 milhão. Após a conclusão desses projetos, deve ser aberta a licitação para o início das obras. A SPTrans não informou, no entanto, qual o custo previsto para a obra.

Atualmente, a ciclovia da Marginal Pinheiros tem seis acessos: na Av. Miguel Yunes, entre as estações Jurubatuba e Autódromo; na estações Jurubatuba e Santo Amaro da CPTM; as passarelas da EMAE e do Parque do Povo, no Itaim-Bibi e pela ponte Cidade Universitária.

As novas ciclopassarelas terão um diferencial em relação a parte das atuais passarelas. As pontes serão projetadas com rampas que permitirão ao ciclista continuar seu percurso sem sair da bicicleta. Na passarela da EMAE, por exemplo, junto à Estação Vila Olímpia da CPTM, os ciclistas hoje precisam descer da bicicleta e subir com ela na mão.

Prefeitura quer instalar duas pontes para bicicletas na Marginal Pinheiros
Ciclista pedala na ciclovia do rio Pinheiros, em São Paulo (Foto: Marcelo Brandt/G1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas