Prefeitura quer anel até Marialva

Edmundo Pacheco

A disputa entre o Estado e a Prefeitura de Maringá deixou, por vários anos, o Contorno Sul abandonado. No dia 30 de janeiro de 2010, a prefeitura assumiu a via e anunciou o investimento de R$ 1,87 milhão para a implantação e pavimentação do Contorno Metropolitano. A obra teria 32,3 quilômetros, três vezes maior que o atual.

Um edital e um aviso de licitação foram publicados no Diário Oficial do dia 29 de janeiro de 2010. O projeto prevê que o contorno será estendido a partir da Avenida Carmem Miranda até a entrada de Marialva, passando por Sarandi, na altura do distrito Vale Azul.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Maringá, a licitação contratou um estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além do estudo ambiental e elaboração dos projetos básico e executivo, que agora aguardam um parecer do Estado, que executará a obra.

A prefeitura, segundo a assessoria, é a responsável pela manutenção e tem recuperado trechos da via. Recentemente, parte da pista entre o Córrego Cleópatra e a Avenida Carmem Miranda foi recapeada. No ano passado, foram feitos acessos ao Jardim São Clemente e ao Ciretran.

A assessoria informou ainda que não há, ao menos por parte da prefeitura, projeto para construção de uma segunda pista no Contorno Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas