Prefeitura do Rio vai licitar trajetos de ônibus; bilhete único municipal será implantado até agosto.

A prefeitura vai deflagrar esta semana um pacote de mudanças profundas no sistema de transporte público da cidade. A Secretaria municipal de Transportes confirmou para a próxima sexta-feira o lançamento, em Diário Oficial, do edital de licitação de todos os trajetos de ônibus do município. Já o gabinete do prefeito informou que Eduardo Paes apresentará, até quinta-feira, o programa de implantação do bilhete único nos ônibus municipais, em julho ou agosto.

O edital de licitação dividirá a cidade em áreas. Cada uma delas constituirá um lote ou subsistema. Atualmente existem 836 linhas e sublinhas de ônibus municipais, operadas por 47 empresas. Segundo a Secretaria de Transportes, a licitação terá início em maio e deve ser concluída no fim de agosto.

Futuros concessionários terão de ajustar frota
Segundo a secretaria, o edital exigirá que os vencedores da licitação – empresas ou consórcios – promovam a racionalização do sistema de ônibus, com adoção de melhorias na rede e o ajuste da frota à demanda real de passageiros de cada região. Os futuros operadores também deverão promover as medidas necessárias à implantação da integração tarifária no município.

O órgão informou ainda que a licitação mudará a relação do poder concedente (município) com os operadores, que deixam de ser permissionários para se tornarem concessionários, com direitos e obrigações definidas em contrato.

Como último ato de seu primeiro ano de governo, no último dia útil de 2009, Paes chegou a iniciar o processo de licitação das primeiras linhas de ônibus da cidade, que acabou não indo adiante. Ele lançou o edital de concorrência para a escolha da empresa que teria a concessão de 16 linhas que interligam bairros da Zona Oeste e a região com o Centro e a Zona Norte. Os trajetos eram operados pela Viação Oriental, que não corrigiu problemas apontados no serviço por ela prestado e, desde setembro, estão sob a responsabilidade temporária de um pool de empresas. A Secretaria de Transportes informou que o Tribunal de Contas do Município pediu que fossem feitos ajustes no edital, que foi relançado e, agora, perde o sentido.

Metrô: aberto a discutir proposta municipal
Na noite desta segunda-feira, o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, chamou o presidente do Rio Ônibus – sindicato que representa as empresas de ônibus da capital -, Lélis Teixeira, para uma reunião em seu gabinete. O objetivo do encontro foi informar os empresários de ônibus sobre as decisões da prefeitura. O Rio Ônibus, no entanto, não se pronunciou sobre as mudanças que ocorrerão no sistema de transportes.

Conforme antecipou Elio Gaspari domingo, em sua coluna no GLOBO, o bilhete único municipal custará R$ 2,40. Será possível usar o talão apenas em ônibus sem ar-condicionado e por até duas horas. O passageiro poderá fazer uma transferência durante o período de validade do bilhete.

Por enquanto, o bilhete único municipal ficará restrito aos ônibus. A assessoria do Metrô disse que a empresa ainda não foi procurada pela prefeitura, embora esteja aberta para estudar uma proposta visando a se integrar ao bilhete único municipal. A SuperVia também não foi contactada ainda pela prefeitura.

No estado, o bilhete único (R$ 4,40) foi lançado em 1º de fevereiro. Segundo a Secretaria estadual de Transportes, já passa de um milhão o número de pessoas cadastradas para adquirir o cartão. Com ele, o passageiro pode usar até dois meios de transporte, sendo obrigatoriamente um deles intermunicipal, durante duas horas. O bilhete é aceito em 516 linhas intermunicipais dos 20 municípios da Região Metropolitana (cerca de 16 mil ônibus) e 281 vans intermunicipais legalizadas, além de trens, barcas, metrô e ônibus municipais.

Selma Schmidt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas