Prefeitura de SP lança projetos para revitalizar entorno de ferrovias.

Objetivo é melhorar condições de moradia, mobilidade e emprego.
Consulta pública deve ser feita na quinta (6).

A Prefeitura de São Paulo deve colocar para consulta pública na próxima quinta-feira (6) o projeto de três novas intervenções urbanas que pretende fazer na cidade. Eles envolvem a malha ferroviária entre os bairros Lapa-Brás e Mooca-Vila Carioca e o extremo da Zona Leste, no trecho Rio Verde- Jacu Pêssego. Segundo o prefeito Gilberto Kassab, o objetivo é melhorar condições de moradia, mobilidade e emprego.
As intervenções são para concretizar as diretrizes do Plano Diretor. De acordo com a Prefeiura, mesmo com a revisão dele, esses planos urbanísticos estão mantidos. “Se essa revisão for feita, não muda o Plano Diretor. Há total aderência”, disse o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalem. Ele e Kassab apresentaram as três propostas na tarde desta quinta-feira (29) na sede da Prefeitura, no Centro.

As três intervenções devem ser apresentadas no dia 6 a escritórios de arquitetura para que sejam criados projetos a partir das orientações da Prefeitura. Bucalem garantiu que tudo será também levado às comunidades envolvidas para que elas saibam sobre as propostas. A estimativa é que, em um ano e meio, os projetos sejam encaminhados para a Câmara Municipal para serem apreciados. O processo de licitação só começa quando eles forem aprovados na Casa.
No caso da chamada orla ferroviária ligando os bairros Lapa-Brás e Mooca-Vila Carioca, a ideia de Kassab é ocupar áreas consideradas “subutilizadas e deterioradas”, gerando mais oportunidades de trabalho por meio de incentivos fiscais para empresas que queiram se instalar por ali. A proposta também é incentivar a moradia nesses pontos da cidade. Segundo o prefeito, só entre a Lapa (Zona Oeste) e o Brás (região central), a expectativa é que, em 20 anos, o número de moradores passe de 135 mil para 400 mil.
Sobre a intervenção urbana entre Rio Verde-Jacu Pêssego, o objetivo da Prefeitura é levar desenvolvimento econômico para a região, principalmente, com a criação de empregos. Segundo o secretário Miguel Bucalem, a proposta é que a Avenida Jacu Pêssego, cujo prolongamento está em andamento, ligue a Zona Leste ao trecho Sul do Rodoanel, ao Porto de Santos, no Litoral Sul, e ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo.
Um dos objetivos da Prefeitura é que, facilitando a mobilidade, os moradores não tenham que cruzar a cidade para trabalhar. “O novo projeto vai definir uma miscigenação das ocupações. É um pouco de comércio, de indústria, de moradia, o que melhora a mobilidade. As pessoas podem estudar e trabalhar perto de onde moram”, afirmou o prefeito Kassab.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas