Prefeitura de Cuiabá irá aguardar todos os recursos para lançar novos editais.

Da Redação

O procurador geral da prefeitura de Cuiabá, Ussiel Tavares, afirmou, em entrevista a Rádio Cidade, que irá aguardar o julgamento de todos os recursos impetrados pelas empresas envolvidas na Operação Pacenas para lançar os novos editais de licitação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Recentemente, a prefeitura conseguiu uma liminar proibindo as empresas do Consórcio Cuiabano de retomarem as obras.

O procurador geral afirmou que a liminar obtida no início desta semana dão a garantia apenas que as empresas não toquem as obras de imediato, já que a decisão judicial pode ser retomada. “Os novos editais já estão prontos. Só iremos lançá-los quando tivermos a segurança jurídica de que eles não serão contestados”, assinalou.

Ussiel não garantiu nem mesmo que o Lote 01, que o Exército Brasileiro se comprometeu a tocar inicie as atividades imediatamente.

Para garantir a transparência necessária, o procurador geral defende que novas licitações sejam realizadas para a continuidade das obras. “Existe, inclusive, uma recomendação do TCU para que essas empresas não participem das obras”, explicou.

Ussiel criticou anda o fato das obras terem se iniciado qunado havia uma investigação de possíveis fraudes nas licitações. Segundo ele, diversos problemas são registrados em virtude de haver valetas abertas nas ruas. “Houve um prejuízo enorme a população com a paralisação das obras. O interesse público hoje, é muito maior que qualquer situação jurídica”, colocou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas