Prefeitura de Balneário estende licitação das bicicletas compartilhadas por falta de empresas interessadas

Prefeitura de Balneário estende licitação das bicicletas compartilhadas por falta de empresas interessadas
Foto: Lucas Correia, Arquivo

A prefeitura de Balneário Camboriú marcou para quinta-feira a segunda tentativa de viabilizar o projeto de bicicletas compartilhadas na cidade.
Na primeira data de abertura dos envelopes, dia 1 º de julho, nenhuma empresa apresentou propostas.

Caso a licitação seja deserta ( sem candidatos) novamente, o município vai reformular o edital levando em conta questionamentos que foram feitos por empresas interessadas, na primeira etapa, e que foram desconsiderados em primeira análise.

Nesse caso, um novo edital será lançado em até 50 dias.

O sistema não terá custo para o município. A empresa contratada vai poder explorar a publicidade das bicicletas e estações, e cobrar uma taxa de cadastro dos usuários.

A ideia é que o cadastro tenha opções de validade por um dia (R$ 5), mensal (R$ 10) ou anual (R$ 60).

O sistema será operado pela empresa através de aplicativo para celular, telefone ou cartão de liberação da bicicleta. Pela internet, o usuário poderá verificar quantas estão disponíveis em cada estação.

A intenção é que os pontos para retirada dos veículos fiquem distantes cerca de 500 metros. O município tem mais de 60 possíveis locais definidos que serão discutidos junto com a empresa vencedora. Barra Sul, Pontal Norte e a Praça Almirante Tamandaré devem ser contemplados com o serviço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas