“Prefeito nos Bairros” atende moradores de 14 bairros.

– População teve acesso a serviços de saúde, retirada de documentos e recreação infantil

Da Redação

O Prefeito Jorge Mario e seus secretários estiveram, no último sábado, 26 de junho, na Escola Municipal Helena de Paula Tavares, em Fátima, em mais uma edição do projeto “Prefeito nos Bairros”, para conversar com os moradores das Regiões 6 e 8 do Orçamento Participativo: Barroso, Santa Cecília, Fátima, Araras, Ingá, Iucas, Alto, Comary, Caxangá, Jardim Cascata, Cascata dos Amores, Soberbo, Taumaturgo e Granja Guarani. “Com esse projeto possibilitamos que os moradores tenham fácil acesso ao Prefeito e aos secretários. Ir aos bairros nos permite verificar pessoalmente as necessidades das pessoas, identificar suas demandas e ver também em que o governo acertou”, avaliou o Prefeito Jorge.

O Prefeito recebeu integrantes do Conselho da Escola Municipal Professor Sylvio Amaral dos Santos, localizada na Granja Guarani, que pediram informações sobre o andamento da obra de ampliação da unidade de ensino. A ampliação é uma solicitação do Orçamento Participativo e está em processo de licitação. Representantes das Associações de Moradores de diversos bairros também foram recebidos pelo Prefeito e puderam expor as necessidades de suas comunidades. “Entre os pedidos do meu bairro estão a revitalização da praça, iluminação pública para algumas servidões, novas linhas de ônibus e asfaltamento”, pontuou Jorge Cotoman, Presidente da Associação de Moradores de Santa Cecília.

• Demandas da população

As Secretarias de Obras e Serviços Públicos, Governo e Segurança Pública foram as mais procuradas nesta edição do “Prefeito nos Bairros”. Luiz Renato Cavalcante, morador da Rua Estado da Guanabara, em Araras, levou duas reivindicações: a instalação de postes de iluminação pública na lateral da praça que fica em frente à Escola Helena de Paula Tavares e a construção de uma passarela na altura da Praça Juscelino Kubitschek. “Melhorar a iluminação na praça em frente à escola e construir uma passarela na altura da Casa de Cultura são ações importantes para a segurança dos moradores, motoristas e crianças que frequentam esses locais”, explicou o engenheiro. Liliane Costa concorda. “A Prefeitura deveria fazer algum tipo de obra na altura da Casa de Cultura que iniba os motoristas a andarem em alta velocidade. É um local onde há muitas crianças circulando”, enfatizou a professora. A Secretaria de Segurança Pública informou que o local será contemplado com a instalação de uma lombada eletrônica, projeto da Prefeitura em processo de licitação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas