Preços do PAC de Cuiabá obedecem tabela federal.

Da Redação

“Todos os preços do PAC de Cuiabá seguem tabela do Governo Federal”, disse o prefeito Wilson Santos, na Câmara de Vereadores, na manhã desta terça-feira (05-05). Segundo o prefeito, a Capital de Mato Grosso saiu na frente quando o presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, anunciou o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Fomos a primeira cidade a lançar licitação”, recordou.

“Não existe nada de sobrepreço. A Prefeitura praticou obediência à lei federal. Ou seja, os estados e municípios obedecem tabela do Governo Federal. Nós simplesmente cumprimos o que determina a lei”. O prefeito recordou que quando foram estabelecidos os valores do PAC de Cuiabá, só na disputa de mercado houve uma economia de R$ 10 milhões e 300 mil. “Depois o processo foi para a Caixa que glosou mais um pouco. Agora, por orientação da Controladoria Geral da União (CGU), teremos mais economias”.

O que é bom esclarecer, conforme o prefeito, é que Cuiabá não perde esses recursos. “O valor do PAC será praticado na integralidade. O máximo que vai acontecer é o recurso sair de um lote e ir para o outro”, disse. “Aqui – arrematou – o PAC é tocado com transparência. Inclusive, se a CGU orientar para novas glosas, vamos fazer”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas