Preços de licitação para limpeza urbana de Natal serão revelados

Envelopes com as propostas de preço serão abertos na segunda-feira (22). Cinco empresas concorrem ao processo licitatório de limpeza urbana.

Empresa vencedora terá contrato de cinco anos (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Empresa vencedora terá contrato de cinco anos
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

A sessão final do processo licitatório de limpeza pública realizado pela Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) ocorrerá nesta segunda-feira (22), às 9h, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Cinco empresas apresentaram envelopes com as propostas de preço. Cada uma apresentou três envelopes para a comissão: um com o preço, outro com a metodologia e um terceiro com a habilitação. Segundo a Prefeitura, serão abertos os envelopes relativos aos preços, uma vez que os outros já foram analisados pela Comissão de Licitação.
Conforme o presidente da Urbana, Jonny Costa, mais de 30 empresas se interessaram no edital. Contudo, apenas cinco se candidataram à habilitação. Ele disse que a disputa se dará pela menor proposta de preço. “Após o julgamento das propostas vencedoras, no dia 22 de dezembro, ainda caberá recursos. Esperamos concluir tudo até o final de janeiro de 2015. A partir de fevereiro, as empresas serão chamadas para contratação”, garantiu o gestor.
O edital foi dividido em três lotes. O primeiro contempla os serviços nas zonas Norte e Oeste da cidade, e tem o valor de R$ 137.667.123,28. O segundo cobre as zonas Sul e Leste, no valor de R$ 166.301.970,00. Já o terceiro, no valor de R$ 57.271.939,80, ficará com a aquisição de equipamentos e a administração da estação de transbordo, totalizando R$ 361.241.033,08 com os contratos tendo um período de vigência de cinco anos.
Atualmente, a Urbana opera com 100 veículos, 1.200 empregados efetivos e 400 trabalhadores terceirizados. Com a aprovação do planejamento da nova licitação, a frota para atender a cidade passará para 200 veículos e o número de agentes de limpeza subirá de 200 para 700, todos atuando em conjunto com os funcionários da Urbana.
Ainda segundo Jonny Costa, as empresas vencedoras irão começar as atividades em fevereiro do próximo ano. Entre o atual edital e o anterior, que foi suspenso, foram alterados os pontos sobre resíduos domiciliares e comerciais, com mini basculantes, escavadeira hidráulica, caminhão munck e retroescavadeira.
Foi retirado também o item relacionado à roçagem mecanizada com roçadeira costal. Outra novidade é referente aos caminhões que fazem coleta de lixo residencial. Os automóveis serão equipados com aparelhos GPS, e o contribuinte poderá acompanhar, via internet, os seus deslocamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas