PPP do saneamento fecha 1º ano com 25 mil beneficiados, diz Compesa

Projeto prevê universalização do esgoto até 2038, na Região Metropolitana. Companhia faz balanço positivo e comemora agilidade do serviço imediato.

A Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa) apresentou, nesta segunda-feira (28), o balanço de um ano do programa Cidade Saneada, que pretende atingir a meta de 90% de esgotamento sanitário no Grande Recife e Goiana, na Zona da Mata Norte do Estado, até 2025. No primeiro ano, foram investidos R$ 115 milhões, em um total que vai chegar a R$ 4,5 bilhões. Cerca de 25 mil pessoas já foram beneficiadas, em áreas como Imbiribeira, na Zona Sul do Recife, e Nossa Senhora do Ó, distrito de Ipojuca, no Litoral Sul.
Antes do estabelecimento da Parceria Público Privada (PPP) com a empresa Foz, o índice de cobertura sanitária no Grande Recife era de 30%. A Compesa, nesse primeiro ano de trabalho, ainda não trabalha com porcentagens. “O primeiro ano foi voltado para recuperar os sistemas já existentes. Se formos olhar um município específico, como o Recife, tivemos avanços, mas não trabalhamos ainda com o percentual. Trabalhar com saneamento exige planejamento a longo prazo”, justificou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. As obras concluídas no primeiro ano também são a continuidade de investimentos públicos já iniciados antes da parceria e, por isso, não devem ser incluídas nas bases do programa.
A avaliação do primeiro ano de serviço é considerada positiva, e a meta para 2025 segue mantida. A PPP vai até 2038, quando o sistema deverá estar universalizado nos 14 municípios. Neste segundo ano, serão investidos R$ 230 milhões, beneficiando imediatamente 205 mil pessoas, em locais como Janga, em Paulista; Gaibu, no Cabo; e Cordeiro, no Recife. Também no segundo ano devem ser iniciados os serviços em Goiana, São Lourenço da Mata e Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Essas novas obras devem atingir as residências de 651 mil pessoas.
Para Roberto Tavares, o ganho mais importante no primeiro ano foi em relação ao serviço imediato. Ao todo, foram atendidas 36 mil solicitações da população, sendo 90% das pessoas atendidas em 48 horas. “Isso é importantíssimo porque começamos a atuar na prevenção e não no conserto, quando a situação fica sem controle”, destacou.
Além disso, 558 obras de recuperação de redes foram realizadas e 980 km de tubulações de esgoto foram limpas e desobstruídas. Através de fiscalização, 304 estabelecimentos comerciais foram notificados por apresentarem irregularidades nas caixas de gordura, que despejavam os dejetos no sistema de esgotamento, obstruindo as tubulações. Ao todo, 1,3 mil funcionários estão atuando no programa Cidade Saneada, que, de acordo com a Compesa, é a maior PPP em andamento no Brasil.
A população pode entrar em contato com a Compesa, em casos de esgoto estourado, por exemplo, através do telefone 0800-081-0185.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas