Polícia Federal possui documentos que indicam vícios nas licitações do metrô de Salvador

Doze construtoras estão envolvidas em investigações da Polícia Federal (PF) com objetivo de desvendar vícios em licitações. Juntas possuem receita de R$ 20 bilhões e operam em vários estados. O esquema apontado pela PF indica que era previamente combinada a construtora que ganharia a licitação, dividindo parte dos lucros com as demais, operando em forma de rodízio. Indícios de irregularidades foram identificados nas licitações dos metrôs de Salvador e do Rio.

As administrações públicas declaram desconhecer as investigações realizadas pela PF. As construtoras envolvidas não se posicionaram quanto às denúncias, omitindo-se, negando conhecimento dos fatos ou irregularidades. Dentre as empresas citadas no inquérito da PF , configuram: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, OAS, Queiroz Galvão e Odebrecht.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas