Petrobras continua executando seus projetos.

Licitação internacional com refinaria

Dificuldades em redução de preços internos leva estatal a admitir presença externa

A Petrobras já admite a possibilidade de realizar uma licitação internacional para uma das etapas de construção da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) em Pernambuco, caso não consiga reduzir as propostas oferecidas até o final deste mês de outubro, afirmou o diretor de Abastecimento da companhia, Paulo Roberto Costa. Segundo ele, o pacote licitado com maior dificuldade de redução de preços é o de integração da refinaria, fase final de construção da unidade.

Após comentar que “já tentamos relançar a licitação pela terceira vez e nada de as propostas reduzirem”, Costa lembrou que os demais quatro grandes pacotes licitados já foram contratados. A Refinaria Abreu e Lima, que está sendo instalada no Porto de Suape, em Pernambuco, terá capacidade para processar 230 mil barris/dia de óleo pesado. O projeto, inicialmente orçado em US$ 4 bilhões, já está estimado em US$ 12 bilhões pela Petrobras. A PDVSA é a sócia da Petrobras no projeto, com participação de 40%.

O diretor da Petrobras afirmou também que todas as pendências com a PDVSA já foram solucionadas e a assinatura de contrato que estava marcada para o dia 28 de setembro, na Venezuela, só não ocorreu porque é interesse do governo federal concluir as negociações em cerimônia em Pernambuco e que “agora é uma questão de agenda”.

Costa explicou, também, que o aumento de custos da refinaria foi provocado por vários fatores, entre eles, a valorização cambial, que teria aumentado o custo da unidade de refino em US$ 2 bilhões.

A Petrobras “não fez, nem recebeu qualquer proposta em relação a Quattor”, garantiu o diretor de Abastecimento e Refino da estatal, Paulo Roberto Costa, após participar de almoço com empresários promovido pelo Ibef, no Rio de Janeiro.

Quattor

Rumores indicavam que a Petrobras estaria interessada em capitalizar a Quattor, seja aumentando sua participação, atualmente de 40%, seja pressionando a Braskem para adquirir uma fatia na empresa. “Não estamos avaliando nada no momento, mas estamos atentos. Se for interessante para a Petrobras podemos aumentar a participação”, disse, sem fazer nenhum comentário sobre uma eventual participação da Quattor como acionista do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

Segundo o executivo, a Petrobras ainda não está discutindo os investimentos que deverão ser feitos na segunda geração do Comperj, e sim acertando as participações societárias na primeira geração. “Nossa intenção era de que as participantes majoritárias na segunda geração tivessem fatia minoritária na primeira”, disse, admitindo que, se as empresas nacionais não tiverem o mesmo interesse, poderão ser buscados sócios estrangeiros ou até mesmo ser exigido do investidor na segunda geração que ele participe também da unidade básica como contrapartida para ter sua fatia.

Capitalização

A Petrobras e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) deverão terminar até o final deste ano o trabalho conjunto de mapeamento das áreas de onde poderão ser extraídos os 5 bilhões de barris de petróleo que serão usados no processo de capitalização da companhia. A informação é do diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, acrescentando que há duas sondas já designadas para este trabalho.

Depois que for feito esse mapeamento geológico, serão definidos os locais onde serão feitas as perfurações para confirmar a ocorrência de petróleo nessas áreas. Estrella, que compareceu ao Senado para participar de audiência pública na Comissão de Infra-estrutura, disse que não há um prazo para a conclusão dos trabalhos e também não sabe quando serão feitas as primeiras perfurações nas áreas que vão fornecer os 5 bilhões de barris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas