Petrobras consegue liminar para processo simplificado em licitações

BRASÍLIA – A Petrobras conseguiu no Supremo Tribunal Federal (STF) uma liminar que garante a realização de licitações de obras e serviços por processo simplificado, sem atender à Lei das Licitações, que estabelece as regras para os contratos no serviço público.

A estatal questionou, em mandado de segurança analisado pelo ministro Dias Toffoli, decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que julgou ilegais os contratos firmados com empresas de informática e engenharia para prestação de serviços em duas plataformas de petróleo na Bacia de Campos.

O ministro concedeu a liminar e autorizou a adoção do processo simplificado. Com isso, a decisão do TCU está suspensa até julgamento do mérito.

O ministro Dias Toffoli aceitou os argumentos da Petrobras de que o TCU desconsiderou decisões precedentes do STF que autorizavam o processo simplificado.

“É conveniente deferir a liminar, dada a existência de diversas ordens mandamentais em seu favor, quando os dignos relatores conheceram situações idênticas ou similares às ora apresentadas”, decidiu.

(Agência Brasil)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas