Paulo Bernardo diz que pacote sai na primeira quinzena de janeiro

ANDREZA MATAIS
Brasília

O ministro Paulo Bernardo (Planejamento) adiantou hoje que o pacote fiscal que o governo prepara com medidas para impulsionar o crescimento econômico deve ser anunciado na primeira quinzena de janeiro. Segundo ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer enviar para o Congresso, tão logo os trabalhos seja reiniciados, as medidas que dependem de aprovação dos parlamentares. O ano legislativo se inicia em 1º de fevereiro.

Sobre a meta de crescimento de 5% para o próximo ano, o ministro disse que “o Brasil está com as condições econômicas necessárias” para isso e indicou que o caminho que vem sendo estudado pelo governo é combinar “menos burocracia com mais recursos para infra-estrutura, além de incentivar investimentos privados”. “Não dá para fazer tudo só com recursos do orçamento”, disse.

A aposta do ministro é que no próximo ano as PPPs (Parcerias Público Privadas) deverão sair do papel. “O ambiente para que sejam feitas [as PPPs] está pronto”, afirmou.

Paulo Bernardo recomendou aos jovens que “tenham fé no Brasil, pois o país vai crescer muito e vai botar para quebrar”.

Sobre as críticas da oposição de que o presidente assume sem as propostas para o crescimento, Paulo Bernardo disse que este é o papel da oposição e que esperar para este ano que “os padrões das críticas mudem para eles também ajudem com propostas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas